POISON MOVIES - Meu Passado Me Condena

Em 07 novembro 2013
Título no Brasil: Meu Passado Me Condena
Título Original: 
 País de Origem:  Brasil
Gênero: Comédia
Ano de Lançamento:  2013
Duração: 102mim
Estréia no Brasil: 25/10/2013
Estúdio/Distrib.:  Donwtown Filmes
Direção:  Julia Resende

SINOPSE: 
Com apenas um mês de namoro, Fábio e Miá resolvem se casar e passar a lua de mel em um cruzeiro até a Europa. No navio, ela reencontra seu ex-namorado, o bemsucedido Beto (Alejandro Claveaux), que está com a estonteante Laura (Juliana Didone), antiga paixão não correspondida de Fábio. A coincidência ameaça a paz do novo casal e põe em risco o casamento. 






>>> OUTROS LINKS <<<

RESENHA <<<
Algumas vezes o seriado faz tanto sucesso que acaba virando filme ou vice versa, e a bola da vez é MEU PASSADO ME CONDENA - o filme, que vem do seriado com mesmo nome que a Multishow exibe em sua programação e começou recentemente a segunda temporada.

Não acompanho o seriado, já vi alguns momentos ou episódios, mas nada significativo que pudesse comparar com o filme. A única coisa que temos certeza é que o casal principal é o mesmo e que no filme eles estão em lua-de-mel.

O filme tem bons momentos mesclados com outros sem noção. Ele mostra a frágil situação do jovem casal que se casou com poucos meses de convivência e o quanto isso é dificil, afinal você praticamente não sabe nada sobre a outra pessoa. E tudo isso se passa durante a lua-de-mel em um cruzeiro para Europa (Itália).

Alguns momentos foram bem engraçados como por exemplo o cara do cartório faz piadas sobre a questão do pagamento e das testemunhas, bem como a mania das pessoas que nunca viajaram ao exterior ficar contando a cada cinco minutos sobre a viagem.

No navio [para quem nunca viajou em um, segue uma rápida explicação - eles possuem 2 sistemas um all incluse, onde as comidas e bebidas estão incluídas e o outro onde apenas as refeições estão incluídas e toda bebida é a parte, paga em dólar] eles ficam perdidos com todo o mundo de luxo e riqueza, mas também aquela mania de empurrar coisas e tudo se pago.

Claro que a graça é a grande?! coincidência de Fábio e Miá encontrarem pessoas do seu passado no navio. Miá encontra o ex que é rico, boa pinta e bem sucedido e Fábio encontra sua musa da escola e quando certas coisas acontecem, sejam os momentos engraçados ou os momentos estranhos e os que possuem respostinhas bizarras, geralmente é quando o público mais se diverte.

É um filme divertido, não morri de rir do começo ao fim, mas foi engraçado, valeu ter ido ao cinema. E fiquei boba ao ver um cinema de bairro com todas as sessões esgotadas para o cinema nacional.

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<