POISON QUICKS - Livros de RPG

Em 17 outubro 2013
Se eu escrevo a palavra RPG, acho que automaticamente vem à sua mente [como a minha também] a ideia de grupo, bagunça, um mestre, pessoas escolhendo seus personagens, raças, poderes e afins. Afinal o Role Playing Game é para ser jogado em grupo, cada missão tem suas regras, estratégias e algumas coisas variam de grupo para grupo, mas e quando você pensa, 'Queria entrar numa aventura, mas sem um grupo, será que não posso?' Para isso temos os Livros-Jogos ou Aventuras-Solo e hoje eu falo um pouquinho de 2 desse tipo e eles são bem diferentes.

Também existe uma variação do RPG chamada livro-jogo, que contém aventuras-solo, ou seja, aventuras que se pode jogar sozinho, uma alternativa ao RPG normal, que exige um grupo de pessoas para jogar. Acontece de pessoas começarem a jogar livros-jogos para depois passarem ao RPG. As aventuras-solo funcionam de uma forma semelhante a uma sessão convencional de RPG, onde o próprio livro faz o papel do "Mestre". Ele oferece as escolhas que o jogador pode fazer, e o jogador progride no jogo conforme supera os desafios, podendo passar por diferentes enredos dependendo de suas escolhas durante o jogo.


O primeiro livro - Viagem ao Fundo do Mar me lembrou de um de quando eu era bem mais nova e ainda estava entrando na faculdade, ganhei de presente e achei a ideia tão bacana. Sempre que estava entediada descobria novas possibilidades ou caminhos que não tinha tentado. Depois de muitas buscas, o nome do livro-jogo era Demônios das Profundezas  e hoje em dia, eu não o tenho mais [acho que emprestei para alguém que nunca me devolveu *snif*]

Falando do livro, a ideia é Atlântida, descobrir a cidade perdida e todos seus mistérios, geralmente quase toda aventura no fundo do mar é relacionada à essa misteriosa cidade. E o 'jogo' vai te oferecendo sugestões a medida que as ações acontecem.

É um livro fino e as opções são limitadas, às vezes alguma ação que você não escolhe pode aparecer novamente em outro contexto e os finais acabam sendo padrões [há uns 3/4 finais] e suas ações vão direcionando para algum deles.

É um livro que vale para se divertir e relaxar, e a tomada de decisões está ao seu cargo e você pode tentar diferentes caminhos, parar e voltar quando quiser. É um livro para diversão, apesar da ideia original é jogar sozinho, de repente até dá para fazer uma brincadeira entre amigos...


Para saber mais:
Autor: R. A. Montgomery
Editora: Verus
Publicação: 2013
Páginas: 108

Sinopse:          
Nesta história, você é o personagem principal e deve tomar todas as decisões. Você vai encontrar perigos, obstáculos e encruzilhadas. Use sua inteligência e sua perspicácia e determine que direção tomar. A decisão errada pode acabar em tragédia – mas uma boa escolha pode levar você à glória! Em Viagem ao fundo do mar, você é enviado às profundezas do oceano para buscar a cidade perdida de Atlântida. Será que ela existe mesmo, ou tudo não passa de uma lenda? Cabe a você descobrir, embarcando numa jornada repleta de criaturas estranhas, grutas escuras e até lutas pela sobrevivência!

Uma mistura de RPG com várias situações que em algum momento, nós mulheres já pensamos... o famoso ‘e se...’ A proposta da autora é você dar assas a imaginação e por uma noite ser ou fazer tudo que sempre quis. Desde calcinhas sexys, conhecer gente interessante ou fazer alguma loucura e a medida que sua noite vai se intensificando (ou não, depende de suas ações).

De modo geral algumas coisas acabam sendo repetitivas e o final é praticamente o mesmo para qualquer uma das muitas opções de como a sua noite termine, a graça da coisa é o decorrer da situação e não como a sua noite acaba.

A história tem muitos momentos de divagações, a protagonista (você), fica pensando em mil coisas e tinha uns momentos enchendo linguiça. Mas a proposta apesar de inusitada, vale como algo divertido e diferente do que já foi apresentado, afinal essa ideia de RPG solitário vale mais para aventuras e afins. Sendo a primeira vez que li algo desse tipo numa história sexy.

Talvez se a história fosse linear ficasse cansativa devido as repetições e divagações da protagonista, nesse formato a gente consegue seguir uma linha (que pode mudar cada vez que você for ler) e descobrir como sua noite terminaria se você fosse ousada.


Para saber mais:
Autor: Helena S. Paige
Editora: Novo Conceito
Publicação: 2013
Páginas: 238

Sinopse:          
Então você se arrumou toda para uma noite de amigas, daquelas onde só as mulheres participam, mas suas amigas mudaram de planos sem avisar e, agora, você está sozinha em um bar superbacana, arrumada e perfumada, e sem saber bem para onde ir... O que você faz? Aproveita que já está por ali, pede uma tequila e dá uma boa olhada no yuppie que está na mesa ao lado? Ou pede uma cerveja e vai pra perto do palco arrebatar o baterista? Pode ser que você prefira uma paquera com o rapaz de botas de bico fino e músculos trabalhados que está encostado à parede. Ou, quem sabe, tomar um café com o bombeiro que está cuidando da segurança dos clientes e que, neste instante, está verificando o funcionamento do extintor... E isso tudo só pra começar! A escolha é sua — e você tem um mundo de possibilidades nesta noite que parecia começar mal! Só não espere que esta experiência seja como outra qualquer, porque esta noite ficará definitivamente marcada em sua memória de erotismo e paixão. Divirta-se com esta definitiva experiência sensual onde você, e só você, terá o controle de seu próprio prazer!

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<