POISON BOOKS - Emmi e Leo (Daniel Glattauer)

Em 07 agosto 2013
Autor: Daniel Glattauer
Tradutor: Eduardo Simões
Editora: Suma de Letras
Publicação: 2013
Páginas: 167
Capítulos: 19
Série: Sim, livro 2 (série @mor)
Temas: Relacionamento, Adulto, Romance
SINOPSE Em @mor, o escritor e jornalista austríaco Daniel Glattauer se utiliza dos princípios dos romances epistolares – trocas de cartas – com uma roupagem contemporânea: o contato virtual. Ao contar a fortuita atração mútua entre os jovens Leo Leike e Emmi Rothner por meio de conversas por e-mails e os sentimentos que desenvolvem um pelo outro, o autor utiliza pontos de vista alternados para contar uma inusitada história de amor.
Emmi & Leo: a sétima onda é a sequência dessa história tão intrigante quanto inusitada e que surgiu por erro de endereçamento no envio de um email. Na atual etapa, Leo Leike retorna de Boston após uma longa ausência, e é recebido por uma caixa de emails lotada de notícias de Emmi Rothner. O sentimento dos dois não mudou, e eles reiniciam a troca de mensagens. Só que agora Leo está namorando a americana Pamela, e Emmi continua casada. A orgulhosa Emmi e o tímido Leo nunca estiveram tão próximos, e ao mesmo tempo tão distantes.
Daniel Glattauer reconquista os leitores e a crítica internacional com seu peculiar olhar sobre as relações amorosas dos tempos atuais. A prova do fenômeno editorial da dupla de romances: @mor e Emmi & Leo foram traduzidos para quarenta idiomas e tiveram 64 montagens teatrais na Alemanha e Áustria.


>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Três semanas depois.”

RESENHA<<<
Continuação do livro @mor, para ler sobre ele, clique aqui.

O que falar dessa continuação? Eu esperava tanto, tanto. O primeiro livro me conquistou, o autor soube como ninguém levar adiante esse estranho sentimento que pode surgir simplesmente conversando com alguém que você nem conhece e soube fazer um perfeito desenrolar. Assim eu classifico @mor, então quando terminou e soube que teria uma sequência, pulei de alegria e depois fiquei com pé atrás.

E para minha tristeza, a continuação lembra de longe (muito longe) a paixão e a intensidade que eu tive ao ler o livro anterior, o livro foi o tempo todo narrando um relacionamento que não existe, na verdade, narrando uma DR (o famoso 'discutir a relação') de um relacionamento que não existe e suas páginas e páginas de repetições e alegações da mesma coisa me irritaram e muito.

A narrativa perdeu a graça e a mesma se tornou arrastada e empacada, para quem teve com o livro em mãos sabe que pelo mesmo ser escrito na forma de email, a diagramação está bem espaçosa. Então imagina minha tortura ao ver que não conseguia andar com a leitura? Cada capítulo tinha uma média de 10/15 páginas e mal conseguia terminar um capítulo por dia às vezes.

A personagem da Emmi foi a que mais me irritou. Ela tem toda uma situação enrolada (quem leu o anterior sabe do que falo) e mesmo assim fica forçando coisas que não teria nada a ver. Meu pensamento anterior era que ela era uma moça interessante que sabia fazer um leve flerte, mas sabia o que queria da vida, caiu para uma adolescente desesperada por atenção. Na maioria das vezes, ela era a mais irritante nos emails.

Leo também caiu no meu conceito. Sabe aquela pessoa que não consegue se livrar das coisas ruins? Que é submisso e que é meio fraca? O Leo foi assim na maior parte do livro. O lado engraçado e um pouco sarcástico ficou de lado. Uma pena.

Infelizmente o primeiro livro foi muito bacana e merece ser lido, mas o segundo caiu bastante em relação ao que eu esperava para a continuação. Preferia que tivesse deixado as coisas em aberto no primeiro livro, assim eu ficava na imaginação.

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<