POISON ABOUT - Debutando #15

Em 13 agosto 2013
A coluna POISON ABOUT sofreu uma mutação, antes a cada 15 dias vocês interagiam comigo dizendo quais os livros que vocês indicavam, os que tinham lido e os que queriam comprar... para você que gostava da coluna e acha que ela acabou, não fique triste, ela não morreu, mas agora ela divide o posto com a nova ‘aba’ da coluna, a POISON ABOUT – Debutando ;)

Essa aba da coluna será mensal e vai ser onde eu mostro os livros que li em inglês, não é exatamente a POISON BOOKS (Em Off) porque não farei exatamente resenhas, apenas mostrarei as capas, o que a galera lá fora anda comentando e o que podemos esperar.

Espero que gostem dessa nova modificação ;)


Dessa vez eu separei alguns livros que estão entre o NA e o YA (novo adulto e jovem-adulto, respectivamente). Os personagens têm 17/18 anos, mas às vezes possuem uma carga emocional forte que poderia ser classificado como um novo gênero, mas recentemente eu andei lendo muitas coisas desse tipo – séries e livros únicos e na coluna desse mês separei alguns para vocês conhecerem um pouco da sinopse e um resumo geral do que esperar desse tipo de gênero.


Livro 1 – Sophie & Carter by Chelsea Fine:


Enquanto os outros estudantes do terceiro ano estão sonhando com seus futuros, Sophie e Carter tentam apenas sobreviver dia após dia.
Carter está cheio de problemas em casa enquanto tenta ajudar a mãe. Ao mesmo tempo, na porta ao lado, Sophie foi deixada com três crianças pela mãe problemática.
Em meio a tanto sofrimento, eles formaram um vínculo silencioso de amizade. Mas então, começam a perceber que o que sentem um pelo outro poderia ser mais profundo do que amizade.




O livro tem uma carga emocional forte, afinal qualquer pessoa que precise cuidar de outra é uma grande pressão, principalmente se você cuida de irmãos ou parentes por negligencia de outros. E esse é o mote do livro, achar o amor no meio de responsabilidades como cuidar de crianças, eles acabam já sendo uma família antes de ser.

Para galera que foge de série, aproveite, ele é que é livro único.

Média do livro no Goodreads = 3.83


Livro 2 – Impossible by Komal Lewis:
Ashton Summers está para se tornar a garota mais popular da escola e nada ou ninguém ficará em seu caminho. Especialmente Luca Byron, seu vizinho aberração, com suas tatuagens, música alta e lindos olhos verdes.
Luca Byron tem três objetivos na vida: passar despercebido pelo ensino médio; certificar-se de que sua banda de garagem se torne algo mais do que um hobby; e tentar esquecer sua ex-melhor amiga insuportável, Ashton, que ele não consegue tirar da cabeça.
A última coisa que Ashton e Luca querem fazer é reacender sua amizade, mas quando Ashton leva uma queda em sua escalada social. Luca, com seu novo look, é o único que pode ajudá-la a se levantar novamente, fingindo ser seu namorado. A princípio, estar juntos é insuportável e irritante, mas as coisas começam a mudar quando Ashton e Luca descobrem os motivos reais de terem se distanciado há sete anos.
Agora, manter suas mãos longe um do outro parece impossível.



Esse livro já puxa para algo mais cômico, ele é rapidinho e engraçado, mas o tema é batido – tentar ser popular ou não deixar que ninguém tire seu posto. Nada que a gente não tenha lido ainda, mas foi divertido. O problema? É uma série e por enquanto já são 4 livros =/, mas cada um fala de um personagem.

Média do livro no Goodreads = 3.75


Livro 3 – Bound Together by Eliza Jane:
Aos dezessete anos, Zoey precisa fugir de seu drama pessoal, como a depressão de sua mãe e cuidar de seus quatro irmãos mais novos. Ela encontra a distração perfeita em um arranjo –amigos com benefícios– com o capitão de futebol irritantemente quente, Matt, durante a sua viagem escolar para Paris. Não há nenhuma chance de se apaixonar por alguém cuja única ambição na vida é ficar em sua cidade caipira e um dia assumir a loja de pneus de seu pai. Mas, longe de casa e sem as responsabilidades pessoais, seu sorriso arrogante e atitude fácil começam a crescer sobre ela enquanto eles exploram a cidade sedutora de Paris juntos.
Uma vez que eles estão de volta, Zoey encontra-se enviando mensagens de texto para ele para marcar encontros secretos sempre que ela precisa de um escape. Embora ela tenha sido explicitamente clara que ela está usando-o para encontros sem vínculos, sempre que Matt a pega, ele atua mais como um namorado, em vez de um simples caso, se certificando que ela tenha comido ou que esteja bem. Apesar de seus esforços em manter a sua relação física apenas, Zoey começa a perceber - com medo e nojo - que ela está se apaixonando por ele. Quando as coisas se quebram com sua mãe, deixando Matt ver sua vida real exige mais coragem do que ela tem - mas se ela é
corajosa o suficiente para deixá-lo, ele pode ser apenas uma pessoa que pode ajudar.


Esse livro conseguiu misturar um pouco do cômico com o drama. Na verdade ele foi um dos mais próximos da realidade que andei lendo. Não rola o lance de amor à primeira vista, ainda tem um pouco da coisa clichê americana, mas a ideia geral aqui é ‘amor em férias de verão’ e nisso ele conseguiu ser simples, prático e uma leitura divertida.

Mais um livro único :D

Média do livro no Goodreads = 3.61


Livro 4 –The One for Me by Layla James:
Aos dezessete anos de idade, Katy não parecia ter boa sorte. Seus pais anunciaram seu divórcio e seu namorado há um ano, Hayden, termina com ela por uma gostosa de pernas longas, Holly, tudo em uma semana. A – sorte – de Katy poderia muito bem ser enterrada com a sua dignidade, quando ela se envolve com Liam.
Katy segue Liam depois que ele a convida para ir a uma festa, onde encontra Holly e Hayden trocando saliva. Furiosa, Katy beija Liam para tentar causar ciúmes a Hayden, deixando-a com uma reputação ruim ao se envolver com o badboy da escola.
Determinada a salvar o último pedaço de sua reputação, ela propõe Liam um negócio, uma boa reputação com seus professores, se ele “fingir” ser seu namorado, para parar os rumores. Katy lida com o divórcio de seus pais, sua reputação ser destruída e descobre ter mais em comum com Liam que ela jamais imaginou. Ao final, Katy não pode dizer que está 'fingindo' ser quem não é.




Mais um livro único com a temática, ‘problemas com os pais e meu namorado me trai’, até tem uns momentos divertidos, já que os protagonistas acabam ficando juntos para fazer ciúmes e descobrem que se gostam (clichê clássico), mas vale a leitura para se divertir.

Média do livro no Goodreads = 3.71


Livro 5 – Rhymes with Cupid by Anna Humphrey:

Eu estava errada sobre ele. Ele não era um jogador. Era doce, carinhoso e verdadeiro. Tão diferente de Matt que os dois mal pertenciam à mesma categoria da humanidade. Mas, não importa. Patrick poderia ser um santo que isso não tinha nada a ver comigo. Eu já disse a ele que não aconteceria nada. Além disso, ele já me deixou claro que sua paixão por mim era história. O que só me trouxe de volta à minha pergunta inicial: Por que ele estava sendo tão bom para mim? Eu precisava descobrir o que estava acontecendo e não podia esperar até o Dia dos Namorados para fazê-lo.




Com certeza de todos os que estão aqui esse foi o mais engraçado. A protagonista tenta de todas as formas escapar do garoto e ainda fica arranjando encontros para ele. O livro é bem ágil já que a história ocorre próximo do dia dos namorados.

Média do livro no Goodreads = 3.55

*_*_*_*

A primeira coisa que vocês devem ter reparado é que a nota média deles é algo próximo ao Tóxico e eu realmente tem achado isso na maioria dos livros de NA/YA que eu tenho lido. São muitas histórias e elas passam a ser muito repetitivas. Geralmente elas seguem por duas vertentes: ou elas são ‘profundas’ porque retratam problemas pessoais (briga com pais, assédio, perda do namorado/amigo em acidentes), ou elas vão para a coisa mais cômica (eu prefiro mais quando elas puxam para comedia).

Não sei se repararam, mas até a sinopse parece parecida. Com tantos nomes de autores e às vezes os nomes de livros são parecidos, ficamos no dilema ‘será que já li esse?’. De modo geral leio o gênero porque ele é rápido e às vezes preciso dar uma quebra. E além da sinopse quase igual temos a mesma coisa com a capa. Povo anda tão sem criatividade =/

Mas para quem curte o gênero e os dramas, pode se jogar porque pelo que ando percebendo teremos muito mais vindo por aí.

Espero que gostem dessa nova aba na coluna POISON ABOUT, a Debutando volta no mês que vem.

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<