POISON BOOKS - A Aprendiz (Trudi Canavan)

Em 12 junho 2013
Autor: Trudi Canavan
Tradutor: Frank de Oliveira e Júlio Monteiro de Oliveira
Editora: Novo Conceito
Publicação: 2012
Páginas: 544
Capítulos: 37
Série: Sim, livro 2 (série Mago Negro)
Temas: Jovem-Adulto, Aventura, Magia
SINOPSE Sozinha entre todos os aprendizes do Clã dos Magos, somente Sonea vem de uma classe menos privilegiada. No entanto, ela ganhou aliados poderosos, como Lorde Dannyl, recentemente promovido a Embaixador. Ele terá, agora, de partir para a corte de Elyne, deixando Sonea à mercê dos boatos maliciosos e mentirosos que seus inimigos continuam espalhando... até o Lorde Supremo entrar em cena. Entretanto, o preço do apoio de Akkarin é alto porque, em troca, Sonea deve proteger seus mistérios mais sombrios. Enquanto isso, a ordem que Dannyl está obedecendo, de buscar fatos sobre a longa pesquisa abandonada de Akkarin sobre o conhecimento mágico antigo, o está levando a uma extraordinária jornada, chegando cada vez mais perto de um futuro surpreendente e perigoso.


>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Por algumas semanas, em todos os verões, o céu sobre Kyralia ficava limpo, de um azul intenso, e o Sol brilhava implacável.”

RESENHA<<<
Continuação da série Mago Negro, para ler a resenha do anterior, clique:

No livro anterior eu havia criticado sobre o arrastar da história e o fato de haver muitos nomes de personagens e infelizmente nesse segundo livro a coisa continuou e para mim pareceu de forma pior, ficou ainda mais arrastado e mega cansativo de ler. Não que seja uma leitura difícil ou diferente, mas a autora peca no quesito enrolar, ela descreve a mesma coisa muitas vezes, e o pior que nem é com detalhes elaborados, é o mais do mesmo sempre.

Mas o ponto que mais me decepcionou foi o rumo que a autora deu para sua personagem principal – Sonea, se no livro anterior ela era a luz e a graça da história, aqui ela apareceu uma menina apática e sem graça. Foi um tormento ler sempre a mesma coisa, que alguém que é relativamente poderoso segundo os padrões de magia e ter sido criada pelo clã dos Ladrões fosse tão parada e sem animo quanto foi apresentado. Com certeza ela sofreu uma lavagem cerebral, porque só isso explica a personagem ter ficado apagada.

Tirando a parte de Sonea e sua educação no clã, temos outra parte relacionada àa pesquisas, estas relacionadas à descoberta de alguns personagens no primeiro livro (quem leu sabe o que estou comentando). Apesar de entender que era necessário mostrar alguns detalhes, achei que teve muito foco em coisas que não deveria e com isso a gente meio que acaba se perdendo, pois essa outra visão nos confunde com passagens no passado e presente e a ideia da busca tem horas que descamba para outra situação, algo mais pessoal do que a busca em si.

A ideia do livro continua muito bacana, mas devido à leitura continuar a ser lenta e arrastada, acabo ficando cansada e com preguiça de emendar logo o próximo volume e como consequência, acabo esquecendo algumas coisas, principalmente esses personagens (que às vezes são secundários, mas em determinados momentos ganham destaques), o que faz com que no próximo volume eu demore para entrar na história.

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<