POISON ABOUT - Debutando #13

Em 11 junho 2013
A coluna POISON ABOUT sofreu uma mutação, antes a cada 15 dias vocês interagiam comigo dizendo quais os livros que vocês indicavam, os que tinham lido e os que queriam comprar... para você que gostava da coluna e acha que ela acabou, não fique triste, ela não morreu, mas agora ela divide o posto com a nova ‘aba’ da coluna, a POISON ABOUT – Debutando ;)

Essa aba da coluna será mensal e vai ser onde eu mostro os livros que li em inglês, não é exatamente a POISON BOOKS (Em Off) porque não farei exatamente resenhas, apenas mostrarei as capas, o que a galera lá fora anda comentando e o que podemos esperar.

Espero que gostem dessa nova modificação ;)


E quem não gostaria de ser um rockstar? Shows, fama, gente louca gritando seu nome, várias pessoas cantando suas músicas, viajar pelo mundo... Tem muita coisa bacana, claro que a fama tem um lado meio negro, mas não vamos falar disso, aposto que todo mundo se não pensou em ser um rockstar no mínimo já imaginou namorando um rockstar!!

Os livros da coluna de hoje tem como base essa ideia de fama e loucuras, infelizmente todos eles são séries =/ e para quem curte cada livro vai falar de um dos caras da banda, então são no mínimo uns três livros (#todascomemora!!).


Livro 1 – Backstage Pass by Olivia Cunning:
Para ele, a vida é só a música, sem jogos... 
Quando Brian Sinclair, compositor e guitarrista principal da banda de metal mais quente do momento, perde sua centelha criativa, será preciso noites completas de paixão pecaminosa para libertar seu gênio reprimido... 
Ela é a única a chamar a melodia... 
Quando a sexy psicóloga Myrna Evans sai em turnê com os Sinners, todos os rapazes da banda tentam seduzi-la, mas Brian é o único em quem ela quer pôr as mãos... 
Então, o comportamento selvagem e descontrolado dos dois amantes solta faísca em toda a banda para um novo patamar de glória... e de pecado...


Backstage Pass de todos foi o mais ousado, a autora não teve medo de explorar a fama, a lama e claro o lado sexy e sexual de tudo isso. Tem alguns momentos sexo, drogas e rock’n’roll. Para quem curte uma pegada mais firme, mas está meio cansado de todo mundo ser da onda BDSM, pode vir para a leitura que vocês vão se divertir. Acho que dos três ele é o mais adulto.

Média do livro no Goodreads = 4.08


Livro 2 – The Rocker That Holds Me by Terri Anne Browning:
Fazer turnê com quatro roqueiros é uma coisa de sonhos...
Pelo menos é isso o que as pessoas me dizem. Para mim, esses quatro roqueiros são a minha família. Eles cuidaram de mim a partir do momento que eu tinha cinco anos de idade. Protegeram-me de minha mãe e de seus ataques de bêbada e viciada em drogas. Quando eles ficaram famosos continuaram a cuidar de mim. E quando o meu monstro de uma mãe morreu, eles assumiram como meus guardiões.
Nos seis anos desde que isso aconteceu, eu tenho cuidado dos quatro homens que significam tudo para mim. Eu cuido deles da mesma forma que uma vez eles tomaram conta de mim. Eu lido com todo o trabalho sujo nos bastidores de uma vida de roqueiros. Não é sempre bonita. Às vezes chega malditamente perto de repugnante, especialmente quando eu tenho que me livrar de seus casos de uma noite. Ugh!
Cuidar deles não me incomoda embora. Quero dizer, não é como se estivesse apaixonada por um deles. Isso seria uma loucura. Se apaixonar por um roqueiro NÃO é inteligente.
Ok, então eu não sou inteligente. Eu amo meus rapazes, e um deles meio que segura meu coração em sua grande mão de roqueiro. Mas eu estou lidando. Tenho sido capaz de manter isso o meu pequeno segredo por anos.
Não estou, no entanto, lidando com esse micróbio que eu pareço ter apanhado. Isso me assusta como o inferno. Eu odeio médicos, mas de repente estou mais preocupada em descobrir o que está errado comigo do que com o que o médico podia fazer para mim.
Quando recebo os meus resultados do teste a minha vida nunca mais será a mesma...



The Rocker That Holds Me começa meio tenso, já que a protagonista sofria de maus tratos quando pequena e o grupo que hoje é famoso viva no mesmo camping que ela. Ele tem mais emoção e os dramas são bem mais intensos. A ideia é ser mais sensual do que sexual, mas não fique achando que por causa disso não rola sexo. Sim, mas a coisa é mais contida, digamos assim.


Média do livro no Goodreads = 3.94


Livro 3 – Phoenix Rockstar by Bec Botefuhr:
Violet foi criada em um mundo de motociclistas, homens rudes e pais separados. O único salvador em seu mundo era seu amor por Travis, seu melhor amigo. Eles cresceram juntos, criando uma amizade sem esperança contra todas as probabilidades. Então ele se foi, sem adeus, sem explicação.
Travis cresceu e tornou-se uma estrela do rock de sucesso, Violet seguiu em frente e achou que ela estava finalmente curada sobre ele. Então Travis retorna e puxa as cordas seu coração mais uma vez. Ela acha que é difícil dizer não, ela é diferente agora... Ela não é a garota que certa vez ele adorava; coisas obscuras aconteceram com ela.
Vamos nessa viagem com Travis e Violet, junto com mágoa, amor e todas as coisas entre eles.


Phoenix Rockstar mistura um pouco da máfia com a ideia de rebeldia de ser um rockstar, tem drama, tem família estranha, tem brigas entre os protagonistas, aqui a autora colocou muitas informações de uma única vez e às vezes deixava as coisas um pouco confusas, mas aos poucos a gente desvenda. Dos três, esse foi o que mais teve mimimi, apesar da carga emocional ser mais intensa (são muitas coisas acontecendo com o casal).

Média do livro no Goodreads = 3.90


Espero que gostem dessa nova aba na coluna POISON ABOUT, a Debutando volta no mês que vem.

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<