POISON BOOKS - A Lista dos Meus Desejos (Grégoire Delacourt)

Autor: Grégore Delacourt
Tradutor: André Telles
Editora: Alfaguara
Publicação: 2013
Páginas: 150
Capítulos: --
Série: Não
Temas: Relacionamento, Adulto, Comportamento
SINOPSE Até que ponto o dinheiro traz felicidade? Essa é a questão central de A lista dos meus desejos, o fenômeno de crítica e público que ultrapassou a marca de 400 mil exemplares vendidos na França e será levado às telas em 2013. Jocelyne Guerbette é uma mulher de meia-idade que sempre teve uma vida modesta e pacata. Mora há décadas numa pequena cidade francesa com o marido, tem um armarinho e escreve um blog sobre costura que, sem suspeitar, é cada dia mais lido. Jo tem duas amigas inseparáveis — as gêmeas Danièle e Françoise, donas de um salão de beleza — que sempre apostam na loteria e sonham com o que fariam se ficassem milionárias. Um dia, pressionada pelas irmãs, Jo decide comprar um bilhete. E ganha, sozinha, 18 milhões de euros. É o início de uma reviravolta em sua vida. Por um lado, tudo em que ela sempre acreditou começa a desmoronar diante de seus olhos. Por outro, poderá descobrir a felicidade onde nunca havia esperado. A lista dos meus desejos é um livro sobre a felicidade, e um conto de fadas moderno sobre a redenção nos momentos mais difíceis. Numa trama pontuada pelo amor e pela imprevisibilidade do destino, Grégoire Delacourt desenvolve uma história sobre as prioridades do desejo. 



>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“A gente sempre conta mentiras.”

RESENHA<<<
Um livro francês, apesar de não ter lido ele na língua.
Estamos sempre acostumados com livros americanos e eles acabam tendo um ‘mundo cor-de-rosa’ por trás de suas palavras, mesmo quando tratam de assuntos sérios, eles acabam enfeitando o pavão. Entendo que sempre queremos e devemos ter esperanças, mas às vezes falta a realidade nua e crua.

Em ‘A Lista dos Meus Desejos’, o autor não poupou mostrar a vida como ela é. A protagonista é uma mulher vivida, alguém que pode ser qualquer um pelo globo terrestre, com momentos tristes – a morte da mãe quando jovem, a doença do pai, seu problema no casamento – quantas pessoas assim não conhecemos? E é um pouco da vida dela que nós conhecemos em suas páginas e como ela engoliu muito sapo para tentar ser feliz.

O livro não tem mocinhos ou bandidos, ou certo e errado. Ele trata de sentimentos, de chances e oportunidades. Algumas vezes também percebi que a própria protagonista errou, seja ao se calar, ao aceitar ou ao não comentar sobre um assunto, ela também contribuiu para o seu destino [alguns considerariam tristes, outros apenas que ela perdeu algumas oportunidades].

Não quero muito contar a história porque considero que até a própria sinopse deu muitos spoiler. Pelo que ela conta, em um determinado momento a protagonista ganha um premio na loteria (isso acontece lá pelo início do segundo terço do livro, mas relevaremos). E aí sim a vida da protagonista muda, mas não necessariamente para melhor. Na verdade eu digo que foi bem para pior. Mas isso tem a ver com as situações da vida dela já comentadas e o que ela acaba fazendo ao longo do livro.

O que eu mais curti e acho que vale mencionar é fato de que em determinado momento, a autora fala de blogs, ela tem um blog onde dá dicas de costura e afins. E lá ela percebe que um monte de gente se inspira nela, que por causa do blog e das dicas conseguiu acreditar que há um novo amanhã e que as coisas podem melhorar. Pode ser meio bobo ou clichê, mas desde que comecei a lidar com blog e com grupos de leitura, isso que o autor comenta sobre o incentivo é bem verdade. Já recebi alguns emails onde as pessoas me falavam como isso tinha modificado suas vidas. E como a protagonista, apesar de achar que não faço nada demais, fiquei feliz em saber que um livro, uma leitura, uma crítica melhorou a vida de alguém em algum cantinho do Brasil ou do mundo.

"Eu gostaria de ter a sorte de decidir sobre minha vida, acho que é o maior presente que podemos receber."
pág - 37

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<

Share:

0 comentários