POISON BOOKS - Frágil Eternidade (Melissa Marr)

Autor: Melissa Marr
Tradutor: Maria Beatriz da Costa
Editora: Rocco
Publicação: 2013
Páginas: 398
Capítulos: 34
Série: Sim, livro 3 (série Wicked Lovely)
Temas: Sobrenatural, Fadas, Jovem-Adulto
SINOPSE No terceiro volume da série Wicked Lovely, o amor e as disputas entre seres mágicos e mortais mais uma vez estão em cena. O jovem Seth, como qualquer apaixonado, quer ficar perto de sua amada Aislinn para sempre; mas muita coisa mudou na vida da menina desde que ela foi escolhida pelo sedutor Keenan, o Rei da Corte do Verão, para ser sua rainha. Dividida entre sua vida normal e um destino do qual parece ser incapaz de fugir, Aislinn precisará enfrentar desafios e tentações que jamais poderia imaginar em mais um emocionante capítulo deste arrebatador conto de fadas do século XXI.


>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“A Rainha da Alta Corte caminhou em direção ao saguão sentindo-se trepidar.”

RESENHA<<<
Livro 3 da série Wicked Lovely, para conhecer os anteriores, clique:

O que eu mais gosto dessa série é que a autora não faz suas fadas como seres bonzinhos e de luz, não eles são malvados, interesseiros e às vezes perversos. Dizem que os encantados não podem mentir, mas ninguém falou nada sobre omitir ou distorcer um pouco a verdade e isso fica muito claro nesse livro. Se você alguma vez for negociar com algum encantando, lembre-se de colocar todos os detalhes do seu contrato...rs

No primeiro livro, descobrimos a rixa da corte do Verão e do Inverno, o segundo girou na corte Escura e nesse terceiro, a corte da vez é a Alta Corte, na verdade essa seria a corte original dos encantados. E como toda nova corte que entra na história, temos novas revelações, interesses e inimizades. E essa com certeza é a mais complicada e misteriosa das quatro cortes apresentadas.

Como temos uma nova corte, o nosso quadrado amoroso subiu para um pentágono. Apesar de praticamente a história se tratar de Seth querendo deixar de ser mortal, afinal sua amada Aislinn tem um contato com esses seres e ele não quer ficar longe dela, mas aí volta ao que falei no início da resenha – mentir, omitir, interesses – e como Seth é mortal e não está acostumado a jogar com os seres, nem sempre as coisas saem como planejado.

O livro ficou mais intenso que o anterior, aliás, quase ouso dizer que está melhor que o primeiro. É uma briga constante de poder entre as cortes e como todos fazem para se equilibrar, incluindo aí você gostar de alguém mas não poder estar com a pessoa. Difícil amar alguém e deixa-lo partir, doí ainda mais se você terá de ver essa pessoa constantemente. Por isso, a autora foi sensacional em conseguir passar para o papel todos os sentimentos envolvidos – amor, ódio, raiva, decepção, frustração – você se sente em uma montanha russa de emoções. E isso motiva a ler cada vez mais porque precisamos saber o que vai acontecer ou quem é quem quando um novo personagem aparece.

Cara, preciso falar dos capítulos finais – O. Que. Foi. Aquilo. – sério, meu coração doeu. Eu meio que já esperava que algo assim pudesse acontecer, mas entre esperar e realmente ler aquilo tem uma diferença enorme! O enredo me manteve presa do início ao fim. Está tudo bem amarrado e sem ser óbvio demais.

Eu tenho altas expectativas com essa série. Aliás, de modo geral curto muito a autora escrevendo sobre esse tema, já li outras coisas dela e posso dizer que ela sabe colocar sentimentos em suas histórias. O único problema é que com isso as expectativas começam a subir demais.

Para quem curte fadas e quer fugir das coisas de sempre, totalmente aconselho a série!

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<

Share:

0 comentários