POISON BOOKS - O Princípio da Tempestade (Damian Dibben)

Em 01 fevereiro 2013
Autor: Damian Dibben
Tradutor: Regiane Winarski
Editora: Rocco
Publicação: 2012
Páginas: 349
Capítulos: 30
Série: Sim, livro 1 (Série Os Guardiões da História)
Temas: Infantojuvenil, Viagem no Tempo, História, Aventura
SINOPSE - Há muitos anos, a família Djones esconde um grande segredo: eles fazem parte de uma sociedade secreta que viaja através dos séculos para evitar que perigosos inimigos baguncem a História. Na tentativa de encontrar seus pais, que estão desaparecidos, Jake é levado da Londres do século XXI para a França do século XIX, a base dos Guardiões da História, onde ele descobre a verdade sobre o sumiço de seus pais e o plano diabólico do príncipe Zeldt para destruir o mundo atual.



>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Na noite em que Jake Djones descobriu que seus pais estavam perdidos em algum ponto da história ocorreu uma das maiores tempestades já registradas.”

RESENHA<<<
Ação, aventura, mistérios e Viagem no Tempo! O quanto a sua vida pode mudar em um dia? E como se sentir quando você descobre que sua família faz parte de algo grande? Algo capaz de mudar a História? E você pudesse passar por ela?

A princípio a coisa parece meio louca, mas quando Jake recebe a noticia que sua família pode estar em perigo e preso em algum canto do passado, é que a aventura começa.

Os personagens são um caso a parte, nós seguimos Jake – aquele que não sabe de nada até então, mas os outros são uma coisa – o louco Nathan e sua mania de roupas, não importa à época e ele quem dá a graça e as melhores tiradas do livro, o inteligente Charlie e a história na ponta da língua e a bela e misteriosa Topaz, irmã de Nathan.

O autor foi muito feliz, ele descreve com bons detalhes os lugares, roupas e ideias do passado, mas sem cair na mesmice, principalmente que a série é voltada para os que têm na faixa de 13/14 anos e essa enrolação pode deixar o livro meio lento.

Talvez onde tenha caído um pouco foi no decorrer da aventura, tem momentos parados demais e de repente temos todas as respostas, mas isso não faz com que a gente desista, só sinta esse ‘impacto’ de que poderia ser mais, o autor tem potencial.

A narrativa é boa, o enredo é bem amarrado e o gancho para o próximo livro é bom e nos faz desejar mais. Minha pergunta é: para onde eles foram agora? Para os fãs de viagem no tempo, vale a leitura, até porque a explicação do autor apesar de simples é boa e consistente. Realmente a gente acredita que é possível viajar assim. Agora é esperar pelo próximo livro.


Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<