POISON BOOKS - Garota Tempestade (Nicole Peeler)

Em 15 fevereiro 2013
Autor: Nicole Peeler
Tradutor: Ana Beatriz Manier
Editora: Valentina
Publicação: 2013
Páginas: 277
Capítulos: 25
Série: Sim, livro 1 (Série Jane True)
Temas: Fantasia Urbana, Relacionamento, Sobrenatural
SINOPSE - Mesmo tendo passado a vida inteira na pequena e conservadora cidade de Rockabill, Jane True, 26 anos, sempre soube que não se encaixava numa sociedade pretensamente normal. Durante um de seus clandestinos nados noturnos no mar congelante, desafiando um perigosíssimo redemoinho, uma descoberta terrível leva Jane a revelações surpreendentes sobre sua herança genética: ela é apenas meio-humana. Agora, Jane precisa penetrar um mundo de mitos e lendas, povoado por criaturas sobrenaturais, aterrorizantes, belas e até mortais. Características que também descrevem perfeitamente Ryu, seu novo “amigo” -- um vampiro poderoso, deslumbrante e hummm, aiii... muuuito SEXY. Nesse mundo, onde há um goblin advogado, um espírito de árvore maquiador, um súcubo dona de boutique, elfos diabólicos, homens inflamáveis, seres híbridos que se transformam em animais selvagens, nada é presumível. Que dirá um romance ao molho pardo. Mas atenção, nunca, nunca mesmo, esfregue a lâmpada do gênio. Entretanto, alguém está matando meio-humanos como Jane. A pergunta que não quer calar é: os assassinatos são fruto de uma mente doentia ou há um plano macabro para exterminá-los? Se você é fã de Sookie Stackhouse, meio-humanos, vampiros sedutores e criaturas sobrenaturais, então se prepare para mergulhar de cabeça nessa deliciosa série de urban fantasy. 



>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Encarei o freezer, tentando decidir o que preparar para o jantar daquela noite.”

RESENHA<<<
Vira e mexe a gente o tema que todo mundo adora – sobrenatural – e antes que todo mundo fale que eu não curto (curto e muito, menos lobisomem, porque eles são meio blergh), meu maior problema é que os mimimis adolescentes ficam mais evidentes do que a história em si. Por isso quando comecei a ler e vi que a personagem tinha 26 anos me senti no céu.

O livro começa devagar, aliás, bem devagar e isso me incomodou no início, principalmente porque a autora fala de muitas coisas, mas deixa de lado e coloca outros assuntos. Já estava achando que ia tudo por água abaixo quando veio a reviravolta, quando a autora começou a revelar o mundo sobrenatural à Jane, a história ganhou outro ritmo e meu interesse se intensificou.

O tema é batido, por isso os pontos que vou destacar são os que fizeram diferença na história. O fato de a protagonista ter 26 anos subiu a história para um nível mais normal. Os personagens falam besteira, falam de sexo e coisinhas picantes. Aliás, tem cenas de sexo, mas nada ao estilo ’50 Tons’, são papos normais, um pouco ousados, mas normal.

O mundo que a autora criou tem uma sensação bacana, ela pegou a ideia geral do que já conhecemos, mas ela fez algumas modificações e criou novos nomes, e ao explicar para Jane o novo mundo, ela acaba explicando para nós um pouco dessa cultura. As explicações não são cansativas, o problema às vezes é só lembrar o nome. É que tem muita palavra com muitas consoantes e não soam legais no português.

Pelo ritmo ditado nesse livro, a série dá a impressão de que será intensa, com muitas aventuras e afins. E apesar de todo mundo que foi mostrado à Jane, ainda há muitas coisas escondidas. Mas preciso falar do Ryu, meninas se apeguem à ele, porque ele é quente e intenso....kkkkk, vale a leitura e estou ansiosa para ler os próximos livros.

Como foi o primeiro livro da editora que li, vale falar da boa diagramação e revisão. Não sei se eles vão trabalhar com as folhas beges ou amarelinhas, apesar do pessoal preferir eu não tenho nada contra, prefiro um texto bem revisado a discutir se a folha é branca ou bege. A única coisa que poderia ter sido melhor era constar algumas notas de tradução. Falo isso porque a autora faz varias referencias a alguns seriados/filmes e afins, e alguns não são conhecidos por aqui ou eu não li/vi e aí fiquei sem entender o que exatamente era falado.

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<