POISON BOOKS - Profundamente Sua (Sylvia Day)

Em 21 dezembro 2012
Autor: Sylvia Day
Tradutor: Sibele Menegazzi
Editora: Paralela
Publicação: 2012
Páginas: 252
Capítulos: 19
Série: Sim, livro 2 (Série Crossfire)
Temas: Romance, Submissão, Hot, Relacionamento, Adulto
SINOPSE - Gideon Cross. Ele é tão bonito e perfeito do lado de fora quanto é danificado e atormentado no interior. Ele era uma chama brilhante e ardente que me chamuscou com o mais escuro dos prazeres. Eu não poderia ficar longe. Eu não queria. Ele era o meu vício... meu desejo... todo meu. Meu passado foi tão violento quanto o dele, e eu estava tão machucada. Nós nunca iríamos ser normais. Era muito difícil, muito doloroso... exceto quando era perfeito. Aqueles momentos em que a voragem do amor desesperado eram a loucura mais requintada. Fomos completamente subjugados pela nossa necessidade. E a nossa paixão nos levaria além dos nossos limites para a mais doce borda da mais nítida obsessão.


>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Eu amava Nova York de maneira ensandecida.”

RESENHA<<<
Segundo livro da trilogia Crossfire, para conhecer a resenha do anterior, clique:

A onda erótica veio e não dá sinais de que vai acabar, mas eu espero que ela melhore e evolua. Pois uma coisa que ando sentindo falta é história, não que ler sobre sexo não possa ser intrigante e até interessante dependendo de como a autora coloque isso, mas só falar sobre sexo em um livro de 300 páginas e mais nada, cansa e muito a minha beleza.

No anterior, a autora levanta uma questão que sempre foi e será discutida, ela não aborda de forma linda e maravilhosa, mas ela acaba fazendo com que a personagem principal – Eva – saia mais forte e não deixe sua vida acabar por causa daquele momento, mas no segundo a autora pecou e muito, pois não temos nada além de brigas e mais brigas entre ela e Gideon. A única coisa que salva esse romance? É o sexo fantástico entre eles.

Parecia que estava lendo o ‘Kama sutra’, mil posições e coisas impossíveis, mas em todas elas eles se divertiam muito nesse momento (do sexo) e depois ladeira abaixo na vida deles, não tinha mais nada e quando não tinha sexo eu ficava me perguntando, mas essa gente não tem vida? Não faz algo com a família e amigos que mereça uma notinha? Aparentemente esse tem sido os problemas da vibe erótica, se os personagens não possuem uma química perfeita o que lemos até não aguentar mais são as brigas sem fim (e chatas demais), a superficialidade de todos os personagens (incluindo os principais) e presentes milionários (afinal a história sempre se passa com um dos dois sendo rico – senão os dois).

A série caiu um pouco no meu conceito, então não estou tão empolgada para ler o terceiro (e espero que seja o final). Não que eu desagrade da literatura erótica, mas isso tem sido bem comum nesse tipo de livro – o primeiro é meia-boca, o segundo é chato e sem nexo e só com sexo e o terceiro todo mundo vive feliz para sempre. Eu até acredito em contos de fadas, mas às vezes o povo força demais.

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<
FORMSPRING || TWITTER || FEED || FACEBOOK || YOUTUBE || TUMBLR || CONTATO