POISON BOOKS - Onde Habitam os Dragões (James A. Owen)

Em 30 novembro 2012
Autor: James A. Owen
Tradutor: Fábio Fernandes
Editora: Underworld
Publicação: 2010
Páginas: 304
Capítulos: 24
Série: Sim, livro 1 (Série Imaginarium Geographica)
Temas: Aventura, Adulto,
SINOPSE - Um assassinato incomum reúne três estranhos, Jhon, Jack e Charles, em uma noite londrina de chuva durante a Primeira Guerra Mundial. Repentinamente, um homenzinho chamadao Bert aparece do nada na cena do crime e diz que agora eles são os guardiões do Imaginarium Geographica - um atlas de todas as terras que já existiram em mito e fábula, lenda e contos de fada. Perseguidos por estranhas criaturas, este inusitado trio foge de Londres a bordo do Dragão Índigo, atravessando a fronteira dos Mundos e indo parar no mágico Arquipélago dos Sonhos. Traições, aventura, magia e sonhos irão levar o leitor em uma jornada de mitos, fantasia e mistérios, numa história onde jovens se transformam em grandes homens, sem nunca perder a capacidade de transpor o impossível.



>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“O bilhete fino e cor de creme bem poderia ter sido enfiado em uma garrafa e jogado no oceano em vez de ter sido enviado pelo correio, pois, quando John o recebeu, o professor já estava morto.”

RESENHA<<<
O que diferencia ‘Onde Habitam os Dragões’ das outras fantasias e aventuras que lemos é que seus protagonistas possuem mais de 16 anos, na verdade eles beiram os 20 e poucos. Alguns podem pensar que isso acaba tornando a história chata ou perde o sabor de aventura, achei que isso fez a coisa ser possível. Sabemos aqueles momentos onde você acredita que não tem idade para fazer certas coisas? É meio por aí que segue a linha do livro.

O Imaginarium Geographica é um atlas mágico e importante, afinal nele estão contidas todas as terras do mundo imaginário e só com ele é possível viajar dentro desse mundo misterioso que apenas uns poucos escolhidos tem acesso. E ele acaba fazendo várias pontes com o nosso mundo e essa é uma das coisas bacanas, o autor adora essa brincadeira de pegar algo da nossa história – nomes, lendas, locais – e inserir na história como um marco ou dizer que o povo que habita esse mundo mágico tem muito a ver conosco.

A história é narrada de uma forma deliciosa, ela flui e o autor coloca o ideal para imaginação sem ser chato, nada daquelas descrições detalhadas, cheia de páginas falando do cabelo da pessoa. Mas o melhor de tudo são as belas imagens no início da cada história, amei cada uma delas e ficava tentando entender junto com o título o que poderia vir em cada capítulo.

Quando terminei o livro fiquei com aquela sensação de que preciso saber se tem continuação, pois a história tem um final, lógico que ela deixa uns ganchos, mas a aventura chega ao fim. E pesquisando na página do autor descubro que é uma série com 7 (sete!!) livros e aqui só saiu o primeiro deles (a data de publicação é de 2010). Espero que a editora não traga um livro a cada 3/4 anos...

Para os que curtem histórias fantásticas como Nárnia ou Senhor dos Anéis (não estou fazendo comparações, apenas indicando ideias) provavelmente vão curtir o livro. Ele é de uma leitura fácil e rápida.

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<
FORMSPRING || TWITTER || FEED || FACEBOOK || YOUTUBE || TUMBLR || CONTATO