POISON BOOKS - A Guardiã (Melissa Marr)

Em 02 novembro 2012
Autor: Melissa Marr
Tradutor: Débora Fleck
Editora: Rocco
Publicação: 2012
Páginas: 382
Capítulos: 57
Série: Sim, livro 1 (Série A Guardiã)
Temas: Adulto, Sobrenatural, Outros
SINOPSE - Maylene Barrow vela os mortos de sua cidade natal cuidando das sepulturas, plantando jardins e contando histórias à beira das lápides. Mas quando ela mesma morre, sua neta Rebbekah, que não pisava em Claysville desde o suicídio da irmã, é obrigada a se defrontar com uma herança da qual não pode fugir: tornar-se ela a guardiã dos mortos da outrora pacata cidadezinha. Estreia de Melissa Marr, autora da série juvenil Wicked Lovely, na ficção adulta, A guardiã fala de vida, morte e destino por meio de uma envolvente trama de mistério.


>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Fazia anos que Byron Montgomery não pisava na casa dos Barrow.”

RESENHA<<<
Eu curto bastante o trabalho de Melissa Marr, por isso quando me contaram sobre o novo livro dela e pude vê-lo na bienal de sampa, já pensei “eu quero!”. Mas só chegou agora em outubro porque me dei de presente de niver, todos sabemos que a ed. Rocco não tem os melhores preços do mercado.

Gostei do que li na sinopse e fiquei muito feliz quando descobri que apesar de ser sobrenatural não era jovem-adulto [nada contra ao tema, mas quando se tem o dobro da idade, as vezes fica chato ver os mesmos erros e mimimis em todas as histórias], então os draminhas adolescentes e o ‘tenho-dois-garotos-atrás-de-mim’ não ia aparecer nesse livro, eu mais do que vibrei.

A guardiã mistura um pouco de culturas e ideias que não são muito vistas em livros, em uma cidade pequena, os fundadores fazem um pacto com uma entidade que promete que ninguém morrerá com menos de 80 anos, exceto doenças graves, epidemias e afins. E em contra partida, a cidade tem um conselho e algumas figuras distintas.

Acredito que a história poderia ser dividida em 3 partes – entender o que está acontecendo na cidade, a descoberta de ser uma guardiã e as medidas necessárias para enfrentar o problema. Talvez a primeira parte seja a mais chatinha e que demore para engrenar na leitura, mas depois o limite entre o mundo dos vivos e mortos e tantas conspirações nos prende de tal forma que queremos ir além e saber quem é quem.

Eu gostei dos personagens, até dos vilões, digo mais de um porque com certeza tem uns personagens que jogam no time malvado, mesmo que ainda não tenham se mostrado, por isso ao terminar o livro fiquei com aquela sensação de ‘será que vai ter continuação?’, porque o livro tem um final, mas deixou umas pontinhas soltas. E a própria Melissa confirmou que haverá mais um livro e um conto.

Para quem curte sobrenatural e as vezes se cansa das mocinhas mimizentas, vem curtir esse, é um adulto, com alguns dramas, mas o foco é realmente na história e nesse mundo que eles tentam entender.


Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<
FORMSPRING || TWITTER || FEED || FACEBOOK || YOUTUBE || TUMBLR || CONTATO