POISON BOOKS - 50 Tons Mais Escuros (E. L. James)

Autor: E. L. James
Tradutor: Juliana Romeiro
Editora: Intrínseca
Publicação: 2012
Páginas: 485 (403 na versão digital)
Capítulos: 22
Série: Sim, livro 2 (Série 50 Tons)
Temas: Romance, Erótico
SINOPSE - Assustada com os segredos obscuros do belo e atormentado Christian Grey, Ana Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e concentra-se em sua nova carreira, numa editora de livros. Mas o desejo por Grey domina cada pensamento de Ana e, quando ele propõe um novo acordo, ela não consegue resistir. Em pouco tempo, Ana descobre mais sobre o angustiante passado de seu amargurado e dominador parceiro do que jamais imaginou ser possível. Enquanto Christian tenta se livrar de seus demônios interiores, Ana se vê diante da decisão mais importante da sua vida. Veja mais informações em: www.cinquentatonsdecinza.com



>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Sobrevivi ao terceiro dia pós-Christian, e ao primeiro dia no emprego.”

RESENHA<<<
Continuação da série 50 Tons de Cinza, quer conhecer o livro anterior? Clique aqui:

Vamos a continuação dessa série que faz tanto sucesso e eu ainda não descobri o porquê. No livro anterior acho que posso resumir tudo em: Uma menina virgem que aprende a gostar da coisa e conhece um cara gato e estranho. É quase um manual sobre sexo e por isso meninas, pode acreditar que a chance disso acontecer de verdade é nula.

No segundo livro a história simplesmente sumiu e Ana quase se transforma em uma ninfomaníaca. Acho que uns 2/3 da saga é só sobre sexo. Na cobertura dele, na casa dela, trocando e-mails de sacanagem e por aí vai. A menina virgem descobriu a coisa e gostou, simples assim.

Tem alguns momentos que até achei que a autora ia ousar e tocar em assuntos mais delicados ou ousados, mas ela apenas lembra e tal, acho que tudo que ela foi firme e falou no livro anterior sobre sexo, nesse ficou a desejar. Começou a ficar amorzinho demais. E com isso temos cenas repetidas e continuamos com os diálogos fracos e essa coisa chata de ‘minha deusa interior’.

Mas para dizer que em nenhum momento teve história ou a menina deixou de ser rebelde, ela cisma com Christian que quer trabalhar e tal. E no meio de e-mails de sacanagem (do trabalho) e outras coisas, tem um novo personagem que promete vingança e quer acabar com Ana e Grey, não curti muito o personagem, mas no meio de tanto marasmo foi como um oásis para ver outra coisa além de quero isso ou aquilo e os mimimis dos dois.

Não sei como a trilogia vai terminar e pelo que eu li por aí e ouvi, vai ser essa coisa chatinha até o final, mas como 50 Tons de Liberdade acabou de chegar, vou ler e dizer a vocês se eu consegui descobrir porque a série fez/faz tanto sucesso ou não.

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<
FORMSPRING || TWITTER || FEED || FACEBOOK || YOUTUBE || TUMBLR || CONTATO 

Share:

0 comentários