POISON SERIES - Go On + Guys With Kids

Meu Deus, essa coluna ainda vive....kkkkk

Brincadeiras a parte, a maior e melhor explicação para essa coluna não dar as caras aqui por tanto tempo é que não tinha nada bacana aparecendo. Durante uns 2/3 meses ficamos focados nas séries que já existiam, afinal algumas estavam finalizando e outras, todo mundo estava em alta expectativa em suas voltas, mas não teve nada bacana aparecendo, então porque ficar indicando mais do mesmo?




Para saber mais:
Criada por Scott Silveri, produtor de “Friends”, o programa segue Ryan (Perry), um famoso locutor esportivo ainda devastado por uma perda. Para superar o problema, ele acaba obrigado pelo seu chefe Steven (John Cho, o atual Sr. Sulu de Star Trek) a participar de sessões de terapia em grupo. Por lá, Ryan conhece Lauren (Laura Benanti, de “The Playboy Club”), a problemática responsável pelo grupo; Anne (Julie White), uma viúva recente ainda no estágio da raiva; Owen (Tyler James Williams, de “Everybody Hates Chris”), jovem com um irmão em coma; e Yolanda (Suzy Nakamura, de “10 Things I Hate About You”), uma mulher que não aceita o divórcio dos pais..
(fonte: http://www.seriestvix.net)

Personagens Principais:
Mathew Perry  >>> Ryan King
Laura Benanti >>> Lauren Schneider
Julie White >>> Anne
Suzy Nakamura >>> Yolanda
Tyler James Willianms >>> Owen
Brett Gelman >>> Mr. K
John Cho >>> Steven
Sarah Baker >>> Sonia
Tonita Castro >>> Fausta
Seth Morris >>> Danny

Trailler da Série:

 


Mas esse final de setembro e início de outubro parece que os produtores estão com ideias a mil, então como não sentar e acompanhar alguns episódios e ver no que pode dar?

Go On é uma série que vai tocar muitas pessoas, ela é curtinha dura apenas meia hora (o que eu acho ótimo, porque você vê de forma tranquila e fica aquele gostinho de quero mais). Ela fala sobre perda. A série se passa na maior parte do tempo em grupo de terapia, onde os pacientes falam das pessoas queridas que perderam ou seus animais domésticos ou as vezes algo drástico que aconteceu com eles.

Mas se engana quem acha que só tem momentos tristes, o personagem principal na sua ânsia em ajudar os outros membros do grupo e com isso meio que se livrar da terapia acaba trocando os pés pelas mãos e aí que está a situação engraçada. Quase todos os episódios tem algo meio sem noção.

Não aconselho a fazer maratona, no máximo ver em doses homeopáticas (uns 2 ou 3 epis por dia) e pelas informações na net, serão 13 episódios. Eu gosto de séries curtas com poucos episódios, a chance de fazerem lambança é menor.


Para saber mais:
Em Guys With Kids, três homens na faixa dos 30 anos, que vivem no mesmo prédio de apartamentos, tentam manter sua masculinidade, juventude, interesses pessoais e vida social enquanto cuidam dos filhos. 
Chris (Jesse Bradford) é um advogado que não faz ideia de como lidar com o filho de nove meses após seu divórcio de Sheila (Erinn Hayes of Worst Week), uma mulher controladora que, embora mantenha a guarda da criança, recorre ao ex-marido sempre que precisa deixar o menino com alguém. Nick (Zach Cregger, de Friends with Benefits) é um programador de computadores, casado com Emily (Jamie-Lynn Sigler, de A Família Soprano), com quem tem dois filhos. Gary (Anthony Anderson, de Treme) é um colecionador de HQs casado com Marny (Tempestt Bledsoe, de Cosby Show), com quem tem quatro filhos. É ele quem cuida das crianças enquanto a esposa trabalha.
(fonte: http://www.seriestvix.net)

Personagens Principais:
Anthony Anderson >>> Gary
Jesse Bradford >>> Chris
Zach Cregger >>> Nick
Tempestt Bledsoe >>> Marny
Erinn Hayes >>> Sheila
Jamie-Lynn Sigler >>> Emily

Trailler da Série:

 


Já a outra série da volta da coluna é GUYS WITH KIDS, ele segue a linha de Baby Daddy, mas a graça está no dia-a-dia de 3 pais diferentes e a forma como cada um lida com seus filhos. E por eles morarem no mesmo prédio acaba parecendo que é uma grande família.

Tem muito humor e piadinhas sarcásticas. Principalmente de um cara para o outro, eles são amigos, mas nem sempre aceitam como as coisas são. Acompanhamos a vida de um pai normal, um que está divorciado, mas a mulher continua mandando nele e o outro q assumiu o lado ‘dona-de-casa’ e cuida dos 4 filhos enquanto a esposa trabalha – as melhores tiradas são dele.

Ultimamente eles andam explorando muito isso nas comédias – pais com crianças, principalmente os homens cuidado de filhos. São séries leves e divertidas, o único problema é que se as séries tiverem muitos episódios, eles acabam se tornando chatos e repetitivos, mas por enquanto, dá para se divertir.



Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<
FORMSPRING || TWITTER || FEED || FACEBOOK || YOUTUBE || TUMBLR || CONTATO

Share:

0 comentários