POISON BOOKS - Vaclav e Lena (Haley Tanner)

Autor: Haley Tanner
Tradutor: Maria Luiza Newlands
Editora: Intrínseca
Publicação: 2012
Páginas: 271
Capítulos: --
Série: Não
Temas: Jovem-Adulto, Imigração
SINOPSE - Vaclav e Lena parecem destinados um ao outro. Eles se encontram pela primeira vez aos 6 anos, numa aula de inglês para imigrantes em Brighton Beach, no Brooklyn. Vaclav é precoce e falante. Lena, com dificuldade no idioma, refugia-se na segurança de sua adoração por ele. Ele imagina a história dos dois se desenrolando como em um conto de fadas. No entanto, uma das muitas verdades a serem descobertas nessa extraordinária obra de estreia de Haley Tanner é que "felizes para sempre" nunca é um desfecho garantido. Um dia, Lena não vai à escola. Desaparece da vida de Vaclav e da família dele como num cruel truque de mágica. Durante os sete anos seguintes, Vaclav deseja boa-noite a Lena todos os dias, perguntando-se se ela faz o mesmo onde quer que esteja. No dia do aniversário de 17 anos de Lena, ele finalmente descobre o que aconteceu. Haley Tanner tem a originalidade e a verve de uma contadora de histórias nata, e também a ousadia de imaginar um mundo em que o amor pode superar as circunstâncias mais difíceis. Em Vaclav & Lena, a autora dá vida a dois inesquecíveis jovens protagonistas que evocam a alegria, a perplexidade e a paixão de se ter uma profunda e duradoura ligação com outra pessoa.


>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“- Pronto, agora eu vou ensaiar, e você ensaia também.”

RESENHA<<<
Pela sinopse desse livro eu imaginei algum tipo de suspense, aí aos poucos achei que pudesse ser algo como o livro “Um Dia”, mas o livro não retrata nada disso e ao final do livro acabei achando o mesmo monótono, com uma narrativa chata e uma história que não contou ao que veio. Não que ela seja ruim, mas é mais do mesmo, é algo que vemos, ouvimos e lemos todo dia. A autora não transformou isso em algo especial.

Vaclav e Lena narra a história de 2 jovens que vem com suas famílias da Rússia, enquanto Vaclav e sua família tem uma estrutura relativamente bacana, pais que queriam vir para América e fazem de tudo para aprender o novo idioma – inglês. A família de Lena é o oposto, veio para os EUA porque coisas aconteceram e a vida da menina nunca foi um mar de rosas.

No geral a história fala da vida de muitos imigrantes, mas não consegui me apaixonar pelo livro, a história não me cativou e a trama em si é relativamente pobre e sem nexo. O tal mistério da menina Lena ter sumido foi muito mal explorado. Pois o livro é dividido em 3 partes – quando crianças e juntos, quando adolescente e separados e depois quando eles se reencontram.

No meu ver a autora tentou colocar no papel algo que ela nunca viveu e talvez nem tenha conhecido nenhuma pessoa que vivenciou essa dificuldade que é mudar de pais, de vida, mudar o seu mundo para tentar algo melhor. Por isso a história não tem a profundidade que relatos do tipo despertam. No final do livro achei que não valia a pena ter lido.

E para finalizar, não concordei com nada que está escrito na contra capa. Já li relatos sobre imigrantes que tocou meu coração e me fez chorar, este livro passou e longe de me sentir emocionada.

Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<
FORMSPRING || TWITTER || FEED || FACEBOOK || YOUTUBE || TUMBLR || CONTATO 

Share:

0 comentários