POISON BOOKS - Bem Mais Perto (Susane Colasanti)


Autor: Susane Colasanti
Tradutor: Cibela da Silva Costa
Editora: Novo Conceito
Publicação: 2012
Páginas: 240
Capítulos: --
Série: Não
Temas: Jovem-Adulto, Chick-lit, Romance
SINOPSE Quando Brooke descobre que o amor de sua vida, Scott Abrams, está se mudando do subúrbio de New Jersey para Nova York, ela decide segui-lo até lá. Viver com o pai ausente e se adaptar a uma escola totalmente nova são desafiantes para ela — e as coisas ficam ainda piores quando ela descobre que Scott já tem uma namorada. Mas como ela aprende a sobreviver na cidade grande, começa a descobrir todo um novo lado de si mesma e percebe que, às vezes, o amor pode te encontrar mesmo quando você não está olhando para ele.

>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMERA FRASE DO LIVRO<<<
“Hoje vou contar para Scott Abrams que estou apaixonada por ele.”

RESENHA<<<
Geralmente fico com muito pé atrás com livros de YA onde as meninas parecem bitoladas correndo atrás de caras, aí já começo lendo sem esperar muita coisa. E pela sinopse, Bem Mais Perto parecia ter essa pegada boba, então a leitura começou sem muitas expectativas.

Não quero dizer que o livro é algo fora do normal, mas a medida que as páginas vão passando a menina boba – Brooke – que larga tudo para ir atrás de um menino que nunca falou com ela. Acaba prestando atenção a detalhes que antes passava despercebido.

Mais um livro que não mostra a personagem querendo ser popular, ela quer ser notada pelo cara, larga tudo, começa a correr atrás das coisas e esse é o tema de fundo do livro, ir atrás do que se deseja, que nada cai do céu e que as vezes precisa dar aquela guinada na vida para se ter o que deseja.

Gostei dos personagens, a amiga que escreve bilhetinhos de incentivo (quem não gosta de palavras de incentivo?), o ‘amigo’ que tem problemas de concentração, mas conhece tanta coisa que a deixa tão maravilhada, a vida na cidade grande e como ela é dinâmica.

Uma das coisas sempre citada é ‘olhar para cima’, como o livro se passa em Nova York e seus prédios altos, a ideia faz sentido, até porque algumas vezes no alto dos edifícios podem-se encontrar coisas interessantes, mas aproveito esse olhar para cima e transformo-o em ‘olhe além do que vê agora’. Invista em você.

Aconselho para ler sem grandes expectativas, ele tem uma leitura leve e rápida, divertida até, mas acho que o que valeu mesmo foi a ideia nas entrelinhas. Quando terminei de ler queria escrever bilhetinhos de incentivo e fazer origami, o primeiro até é bem tranquilo de fazer. Já a parte do origami eu deixo para quem tem mais habilidade.


Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<
FORMSPRING || TWITTER || FEED || FACEBOOK || YOUTUBE || TUMBLR || CONTATO

Share:

0 comentários