POISON BOOKS - Amante Libertada (JR Ward)


Autor: JR Ward
Tradutor: Carolina Rosa
Editora: Universo dos Livros
Publicação: 2012
Páginas: 551
Capítulos: 59
Série: Sim, livro 9 (Irmandade da Adaga Negra)
Temas: Vampiros, Romance, Adulto
SINOPSE - Payne, irmã gêmea do guerreiro Vishous, é finalmente libertada de sua mãe (a Virgem Escriba) e se revelará uma lutadora por natureza, descobrindo sua verdadeira essência. Ao sofrer uma lesão que a paralisa, o cirurgião Manny Manello é chamado para curá-la. Embora nunca tenha acreditado em vampiros, ele será logo sugado para o secreto e perigoso mundo da Irmandade dos vampiros-assassinos e seduzido por esta misteriosa mulher que precisa salvar. À medida que Payne e Manny descobrem que têm mais do que uma ligação erótica, eles precisam enfrentar o choque entre os mundos e uma dívida de séculos atrás que será cobrada de Payne e colocará tanto seu amor como sua vida em perigo. Uma paixão arrebatadora que promete ser quente... Essa ligação erótica entre os dois universos poderá se concretizar? 


>>> OUTROS LINKS <<<

PRIMERA FRASE DO LIVRO<<<
“- Quero enlouquecer você.”

RESENHA<<<
Este é o 9º livro da série da Irmandade da Adaga Negra, para conhecer os outros ou se lembrar das resenhas anteriores clique nos respectivos livros:
Livro 1 – Amante Sombrio
Livro 2 – Amante Eterno
Livro 3 – Amante Desperto
Livro 4 – Amante Revelado
Livro 5 – Amante Liberto
Livro 6 – Amante Consagrado
Livro 7 – Amante Vingado
Livro 8 – Amante Meu

Não estava muito empolgada para este livro, até porque ele vai um pouco contra o que já estamos acostumados – falar dos guerreiros da Irmandade e geralmente as personagens femininas não são as principais, elas tem grande importância para os irmãos, mas o livro nunca conta a vida delas.

Mas já que falou pela primeira vez sobre uma personagem feminina, achei que iria falar muito mais sobre o Outro lado e como era viver com a Virgem Escriba, afinal a Irmandade é algo antigo, antes de chegar à Cadwell eles tinham uma vida, um momento antes que raramente é mostrado, em alguns irmãos vislumbramos momentos (na maioria das vezes eles não são bons).

Por isso achei a história da Payne bem fraca, novamente quase não sabemos nada da Sociedade Redutora, poucos personagens aparecem, o livro se foca mesmo na Payne e em Manuel Manello e claro, Vishous e seu grande problema.

A história ficou bem emperrada, parecia que nunca saia da mesma situação, deu a impressão que a autora nãos e empenhou tanto em criar a história da Payne como fez com os outros irmãos. Teve uns momentos bacanas, mas de modo geral foi um livro morno.

Vamos ver se a autora volta aos dramas e a ação que está faltando nos livros ultimamente.

 
Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais<<<
FORMSPRING || TWITTER || FEED || FACEBOOK || YOUTUBE || TUMBLR || CONTATO

Share:

0 comentários