POISON BOOKS - Anjo Mecânico (Cassandra Clare)

Em 01 junho 2012

Autor: Cassandra Clare
Tradutor: 
Editora: Galera Record
Publicação: 2012
Páginas: 392                                                                                  
Capítulos: --
Série: sim, livro 1
Temas: Sobrenatural, Jovem-Adulto
SINOPSE - Anjo mecânico apresenta o mundo que deu origem à série Os Instrumentos Mortais, sucesso de Cassandra Claire. Nesse primeiro volume, que se passa na Londres vitoriana, a protagonista Tessa Gray conhece o mundo dos Caçadores de Sombras quando precisa se mudar de Nova York para a Inglaterra depois da morte da tia. Quando chega para encontrar o irmão Nathaniel, seu único parente vivo, ela descobrirá que é dona de um poder que capaz de despertar uma guerra mortal entre os Nephilim e as máquinas do Magistrado, o novo comandante das forças do submundo.


>>> OUTROS LINKS <<<


PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
O demônio explodiu em um banho de icor e entranhas.”

RESENHA <<<
Apesar desta série ser um prequel (história que se passa antes de outra, mas contém o mesmo universo, mas nem sempre os mesmos personagens), não diria que é imprescindível ler a saga Os Instrumentos Mortais (clique aqui), mas quem o fizer estará em grande vantagem.

Na série anterior a autora sempre mostrou o mundo dos caçadores de sombra já solidificado, e mesmo a Clary não sendo uma caçadora de fato, ela pertence ao mundo que aos poucos é desvendado à ela. Já agora, a personagem principal – Tessa – não é uma caçadora e precisa aprender o que significa esse mundo de sombras que se abre para ela.

Tendo um pouco de steampunk e tudo se passar na era vitoriana já são um charme a parte. E conhecer como os acordos foram feitos e saber o passado de alguns personagens que amamos/odiamos quase 200 anos depois também é intrigante.

Mas quase ouso dizer que essa série me ganhou mais que Instrumentos Mortais porque os personagens são mais imprevisíveis, principalmente Will – com quem Jace deve ter aprendido todo aquele jeitinho de ser super amigo dele...rs, mas Tessa é uma mocinha forte, sem mimimis que irritam, até porque a trama gira em torno dela. Mas ela não é daquelas que ficam em casa tricotando ou se metendo em furada para serem salvas.

Talvez a única personagem que não tenha amado de paixão tenha sido a Jessamine ou Jessie, me irritou demais, e espero que nos próximos volumes ela mude ou se torne mais interessante.

Para quem está se perguntando se é inevitável fazer comparações entre os personagens das duas séries, eu digo que sempre vai ter, até porque é o mesmo mundo, só que em Anjo Mecânico é o inicio de tudo. E a autora se preocupou em descrever mais detalhes desse mundo que ela não tinha feito na outra saga, mas tirando a comparação quanto ao jeito de ser de Jace e Will, vejo como duas séries diferentes que se passam no mesmo universo, arrisco a dizer que é capaz de pessoas que não se empolgaram tanto em IM, gostarem de Peças Infernais (nome de trilogia).

Eu estou ansiosa para a continuação e de acordo com o site da autora, deve ter mais uma série se passando após os eventos de Instrumentos Mortais – Dark Artifices, mas só em 2015....rs


Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais <<<