POISON BOOKS - A Sombra do Súcubo (Richelle Mead)

Em 07 maio 2012

Autor: Richelle Mead
Tradutor: Flávia Yacubian
Editora: Essência
Publicação: 2012
Páginas: 237                                                                                  
Capítulos: 25
Série: Sim, livro 5
Temas: Demônios, Adulto, Sobrenatural
SINOPSE - Georgina Kincaid tem poderes formidáveis. Imortalidade, poder de sedução, transformar-se em qualquer forma humana que ela deseje, andar em saltos que assustariam meros mortais – a súcubos que toda criança gostaria de ser. Ajudar a planejar o casamento de seu ex-namorado era uma história completamente diferente. Georgina não sabia o que era pior – Seth se casar com outra mulher, ou correr Seattle inteira provando vestidos de dama de honra. Ainda assim, existem distrações. O hóspede dela, Roman, está enchendo seu apartamento com tensão sexual. E também há Simone, a nova Súcubos da cidade, que planeja corromper Seth. Mas o verdadeiro perigo está numa força misteriosa que visita seus pensamentos e tenta arrastá-la para um reino sobrenatural sombrio. Cedo ou tarde, Georgina sabe que vai estar muito fraca para resistir. E quando isso acontecer, ela descobrirá em quem pode e em quem não pode confiar – e que o Inferno está longe de ser o pior lugar para se passar a eternidade. 


>>> OUTROS LINKS <<<


PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Eu estava bêbada!”

RESENHA <<<

Estamos quase chegando ao fim da série Georgina Kincaid... Se não conhece ou não se lembra dos anteriores, clique:


Eu gosto bastante dessa série, mas sem dúvida esse foi o mais chato deles. Tudo bem que a Georgina é porreta e apesar de tudo que já aconteceu em sua vida [super vida, porque ela é super longa], ela é daquelas que joga conforme a música e vive de acordo com o que tem.

Neste livro, acontecem duas coisas: uma nova súcubo aparece na área e a principio todo mundo pensa que é devido ao que aconteceu no livro anterior, afinal demônios não podem dar uma mancada desse tipo e ela acaba mais uma vez metida em confusão. E como sempre nossa heroína vai ser capturada por alguém.

Acho que muita gente gosta desse livro porque é quando finalmente conhecemos algumas coisas da vida de Georgie que ela nunca contou nos livros anteriores, eu também fiquei feliz em saber um pouco mais, mas a forma como a autora fez isso é que me deixou irritada – como se fossem sonhos, eles são misturas do real com o inventado por seus inimigos.

Essa é a segunda série da Richelle que acho que quando ela chega ao final acaba perdendo a mão. E é uma série que tem tanto potencial, ela pode fazer e acontecer porque não é exatamente para o público teen. Ao longo do livro os outros personagens aparecem um pouco mais, isso foi um ponto positivo, mas a situação da Georgina me incomodou bastante. Afinal se ela nunca quis contar sobre seu passado porque fazer dessa forma? É como se a autora tentasse agradar, mas desagradando – não curti.

Agora estamos à espera do último livro para fechar essa coleção. Não sei o que esperar do livro 6. Tenho bastante teorias desde metade da série, acredito que no decorrer dos livros, algumas coisas já foram levantadas e com certeza elas serão ditas, mas se algo a mais vai acontecer, só lendo o último para saber.


Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais <<<