POISON ABOUT - Debutando #4


A coluna POISON ABOUT sofreu uma mutação, antes a cada 15 dias vocês interagiam comigo dizendo quais os livros que vocês indicavam, os que tinham lido e os que queriam comprar... para você que gostava da coluna e acha que ela acabou, não fique triste, ela não morreu, mas agora ela divide o posto com a nova ‘aba’ da coluna, a POISON ABOUT – Debutando ;)

Essa aba da coluna será mensal e vai ser onde eu mostro os livros que li em inglês, não é exatamente a POISON BOOKS (Em Off) porque não farei exatamente resenhas, apenas mostrarei as capas, o que a galera lá fora anda comentando e o que podemos esperar.

Espero que gostem dessa nova modificação ;)

O tema desse mês será DISTOPIA (alguma novidade?rs)

Livro 1 – Eve by Anna Carey:
Os Jogos Vorazes encontram o Conto da Aia nesta aventura emocionante distópica. .O ano é 2032, dezesseis anos depois de um vírus mortal - e que a vacina destinada a proteger contra - dizima a maioria da população da Terra. A noite antes da formatura de 18 anos de Eve que vive em uma escola só para meninas, ela descobre o que realmente acontece com recém-formados, e o destino terrível que espera por ela. Fugindo da única casa que ela já conheceu, Eve sai em uma jornada longa e traiçoeira, em busca de um lugar que ela possa sobreviver. Ao longo do caminho ela encontra Caleb, um menino, áspero e rebelde que vive em estado selvagem. Separadas dos homens toda a sua vida, Eve foi ensinado a temê-los, mas Caleb lentamente ganha a confiança dela ... e seu coração. Ele promete protegê-la, mas quando os soldados começam a caça-los, Eve deve escolher entre o amor verdadeiro e sua vida.


Como todo bom mundo criado na distopia, este não poderia começar diferente, caos, guerras e um fim sombrio para a huminadade, mas no meio disso conhecemos Eve, uma menina que a vida toda viveu dentro de uma escola só para mulheres e foi ensinada que os homens não prestam, apenas o Rei é um homem de caráter. Porém quando ela descobre o que eles fazem com as meninas órfãs, o jeito que eles a usam para fazer a população mundial voltar a crescer, todas as suas crenças caem por terra e ela começa uma busca louca atrás de um lugar seguro.

É clichê e tem todos os elementos básicos de qualquer distopia que temos por aí, e apesar do futuro mega sombrio descrito pela autora, eu consegui me encantar pela personagem principal – Eve – e sua busca pelo lugar seguro. Principalmente quando ela precisa aprender a confiar em quem ela sempre ouviu que não presta – os homens – mas ao longo da jornada dela, percebemos que desde que o Rei assumiu o ‘trono’, as coisas não são essa maravilha que ela sempre ouviu falar e ao conhecer todas as informações, Eve começa a crescer e perceber as coisas. A personagem que termina o livro (é uma trilogia) é totalmente diferente da menina mimada que começa contando a história.

O livro foi lançado no Brasil pela Galera Record
Média do livro no Goodreads = 3.67


Livro 2 – Enclave by Ann Aguirre:
BEM-VINDO AO APOCALIPSE
No mundo de Deuce, as pessoas ganham o direito a um nome só se sobreviver aos seus primeiros quinze anos. Por esse ponto, cada "moleque" sem nome tem treinado em um dos três grupos:  reprodutores, construtores, ou caçadores, identificáveis ​​pelo número de cicatrizes que carregam em seus braços.
Deuce sempre quis ser uma caçadora desde que se lembra.Como Caçadora, seu propósito é claro - enfrentar os túneis perigosos fora do enclave e trazer comida para alimentar o grupo enquanto dribla monstros ferozes conhecidas como Freaks. Ela trabalhou em direção a esse objetivo toda a sua vida, e nada vai impedi-la, nem mesmo outro caçador chamado Fade.
Quando o menino misterioso se torna seu parceiro, os problemas de Deuce estão apenas começando. Lá embaixo, o desvio das regras é punido de forma rápida e duramente. No início, ela acha que ele é louco, mas como a morte perseguindo seu santuário, e torna-se claro que os anciãos não sabe sempre o melhor, e seu parceiro pode estar dizendo a verdade.
Fade a confunde, ela nunca conheceu um rapaz como ele antes, tão propenso a tocá-la suavemente como a utilização de suas facas com a graça de feras.  Os Freaks irracionais, uma vez considerados uma ameaça apenas devido aos seus números absolutos, mostram sinais de estratégia e astúcia ... mas os mais velhos se recusam a atender todos os avisos. Apesar de um desastre iminente, o enclave coloca sua fé em críticas e sacrifício em seu lugar. Não importa o quanto tenta, Deuce não pode deter a maré negra que carrega-la longe do mundo só que ela já conheceu.


Mais uma distopia e essa não difere muito quanto ao estado atual do mundo criado pela autora de cima, a diferença é que o mundo ficou tão ruim para sobreviver que todos foram obrigados a ir para o subterrâneo, lá conhecemos Deuce, uma menina que mora em uma sociedade dividida em 3 classes – caçadores, construtores e reprodutores – a vida sempre foi difícil, tanto que eles só ganham seus nomes após passaram pelos teste que definem o que cada um vai ser. E Deuce sempre quis ser uma caçadora. Mas seu sonho começa virar um pesadelo quando ela ganha como dupla um rapaz chamado Fade.

Aqui também temos os problemas de sempre, luta para sobreviver, não saber o que vem pela frente, longos caminhos no meio do nada/desconhecido. E algo um pouco raro, não tem muito envolvimento amoroso, até porque os personagens por viverem de modo tão prático, desconhecem a ideia. E a mocinha não é submissa ou fresca como na grande maioria. Ela luta, toma decisões, briga.

Apesar da ideia geral, o livro tem muitos altos e baixos, e isso me desmotivou um pouco. A história tem momentos muito bacanas e de repente ela dá uma queda inexplicável. A ideia geral é boa, mas ele não conseguiu manter a mesma linha. Por isso espero um pouco mais do próximo livro. Ele faz parte de uma trilogia.
Média do livro no Goodreads = 3.91

Espero que gostem dessa nova aba na coluna POISON ABOUT, a Debutando volta no mês que vem.


Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais <<<

Share:

0 comentários