POISON SERIES - Awake

Em 27 março 2012

Oba!!! Mais uma terça-feira e como vocês sabem, toda última terça-feira do mês é dia do blog indicar algum seriado que está surgindo e convidar vocês a conhecerem, afinal vai que gostem? E se não gostarem, bem, mês que vem tem uma nova tentativa.

Para saber mais:
Awake conta a história de Michael Britten – vivido pelo aclamado ator inglês Jason Isaacs – que passa a viver em realidades alternadas após o acidente que vitimou Rex, seu filho, e Hannah, sua esposa. Na realidade vermelha, a esposa está viva. Já na realidade verde, quem sobreviveu é o filho. 
Rex será interpretado por Dylan Minnette (Saving Grace, Lost), enquanto que Laura Allen (Dirt, Terriers) interpretará Hannah. E em cada realidade, o detetive Britten estará cercado por diferentes pessoas.
Na realidade verde, seu parceiro será o Detetive Vega (Wilmer Valderrama); enquanto que sua terapeuta será a Dra. Evans (Cherry Jones). Já na realidade vermelha, o parceiro será o detetive Bird (Steve Harris), e seu terapeuta o Dr. Lee (B. D. Wong) 
(fonte: http://www.seriestvix.net)

Personagens Principais:
Jason Isaacs >>> Michael Britten
Laura Allen >>> Hannah Britten
Dylan Minnett >>> Rex Britten
Wilmer Valderrama >>> Efrem Vega
Steve Harris >>> Isaiah Freeman
B. D. Wong >>> Dr. Jonathan Lee
Cherry Jones >>> Dra. Judith Evans

Trailler da Série:


RESENHA <<<
O seriado deste mês está muito no início e confesso que eu ainda não sei ao certo o que pensar sobre ele, é uma mistura de realidade alternativa no meio da vida normal. Lembrei logo de Matrix no início, mas a coisa pode ser bem mais complexa.


Michael é o protagonista e vive uma estranha vida. Depois de um acidente que matou sua mulher e seu filho ele está tendo alguns problemas e o principal deles é saber porque consegue viver em 3 ‘realidades’ diferentes: a primeira é onde perdeu os dois, na segunda apenas perdeu seu filho e na terceira quem ele perde é a mulher.

O primeiro episodio é bem complicado de acompanhar, essa troca de realidades e em cada uma ele tem parceiros diferentes e casos diferentes para resolver, além de ser obrigado a frequentar um terapeuta. É preciso prestar atenção em alguns detalhes para sacar onde ele está.

Mas o lado policial visto de 3 ângulos com certeza é o mais interessante por aqui. Pois em cada realidade ele resolve um caso diferente, mas por vezes com detalhes parecidos e isso faz com que ele junte pistas de 3 visões diferentes. Seus parceiros enlouquecem porque ele parece agir pelo instinto, mas nós sabemos o motivo.

O drama familiar também é destacado, hora os terapeutas dizendo que ele não quer largar sua família e deixa-los descansar, hora dizendo que ele pode resolver coisas por ter outras visões. Mas com certeza os momentos ele/esposa e ele/filho são os mais tensos, é como se ele sempre estivesse andando em uma corda bamba. Afinal como dizer a sua mulher que seu filho em outra realidade não morreu? E vice-versa?

O que ainda não ficou claro para mim é como acontecem essas trocas de realidades, antes achava que era apenas quando ele ia dormir, mas tem momentos que parece ser à luz do dia. Essa é uma das poucas coisas estranhas e mal contadas na série. E ao longo dos capítulos começamos a percebemos que o acidente que motiva tudo isso pode não ter sido exatamente um acidente também...

_____     _____     _____     _____     _____     _____

E no mês passado a coluna falou sobre SMASH, uma versão adulta de Glee.