POISON MOVIES - As Aventuras de Tintim

Em 03 março 2012

Título no Brasil:  As Aventuras de Tintim
Título Original:  Tintim
País de Origem:  EUA
Gênero: Ação/Suspense
Ano de Lançamento:  2011
Duração: 107 mim
Estréia no Brasil: 20/01/2012
Estúdio/Distrib.:  Sony Pictures
Direção:  Steven Spilberg
SINOPSE -  'As Aventuras de Tintim' segue o ávido e insaciável jovem repórter Tintim e seu leal cachorro Milu a partir do momento em que eles descobrem que o modelo de um antigo navio contém um segredo explosivo. Atraído pelo mistério centenário, Tintim se vê na mira de Ivan Ivanovitch Sakharin, um vilão diabólico que crê que Tintim roubou um tesouro valioso ligado a um velho pirata cruel chamado Rackham, o Terrível. Com a ajuda de seu cachorro, Milu, do mordaz e resmungão Capitão Haddock e dos atrapalhados detetives Dupond & Dupont, Tintim percorrerá meio mundo, sendo mais esperto e mais rápido que seus inimigos, numa perseguição vertiginosa atrás da localização exata de onde teria afundado O Licorne, um galeão naufragado que pode conter a chave de uma imensa fortuna… e de uma antiga maldição.




>>> OUTROS LINKS <<<

RESENHA <<<
Há tempos não ia ao cinema ver filmes 3D, até porque quem acompanha o blog sabe que eu e o 3D não somos exatamente amigos e depois tem alguns motivos; o ingresso do 3D sempre é mais caro e nunca entra na promoção e porque os últimos 3D andaram a desejar no quesito 3D.

Mas podem ir ver Tintim em 3D porque vale. Para quem não está acostumado com o personagem ou nem se lembra dele, aqui segue; começou como quadrinhos em um jornal francês e depois ganhou uma versão desenho animado. Então ele e seu cachorro Milu (adoro esse cachorro) estão sempre investigando ‘causos’ curiosos.

O filme não é diferente, e tudo começa sem nenhuma peça encaixando, como um simples caso de batedores de carteira, até que uma replica de navio seja encontrada. Os personagens, ou melhor, os atores escolhidos para representar os personagens são bem parecidos e deram o toque que sempre estamos acostumados a ver no desenho animado. Como os engraçados detetives de policia.

O filme tem ação do começo ao fim e a busca das pistas e desvendar as charadas são o grande diferencial, você fica preso na cadeira querendo saber mais de tudo que vai sendo apresentado na tela e por ser um misto de desenho animado com personagens reais, me perguntava como aquilo poderia existir tão bem. E o melhor, realmente foi ver quase todo o cenário em 3D.

Nem tudo em 3D pula ou tenta te agarrar como na maioria dos filmes, mas neste é como se o 3D fosse tão presente que as vezes é uma sala ou algo deixado em um determinado no local, ele realmente funciona, você não ficará que nem bobo com aquele óculos.

Sai do cinema com uma ótima sensação, de ter visto um bom filme, algo que lembrou a minha infância e doida para que tenha uma sequencia. Porque teve um ótimo gancho, foi daqueles que se o diretor quiser continuar ficará ótimo, mas se não quiser, a história teve um final. Só deixou novas possibilidades.


Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais <<<