POISON BOOKS - Amante Meu (J. R. Ward)

Em 12 março 2012

Autor: JR Ward
Tradutor: Carolina Rosa
Editora: Universo dos Livros
Publicação: 2012
Páginas: 608                                                                                  
Capítulos: 74
Série: Sim, livro 8
Temas: Vampiros, Lendas, Romance, Hot
SINOPSE - Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenvolve-se uma furiosa guerra entre os vampiros e os seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. Enquanto eles defendem a raça dos redutores, a lealdade de um vampiro especial será posta a prova - e sua perigosa natureza será revelada... John Matthew já percorreu um longo caminho desde que foi encontrado vivendo entre os humanos, mas de natureza vampira desconhecida. Recolhido pela Irmandade, ninguém poderia adivinhar qual é sua verdadeira história ou sua real identidade. A bela Xhex lutou contra a atração que sentia por John, mas o destino provou aos dois que o amor é inevitável. 


>>> OUTROS LINKS <<<

>>> ONDE COMPRAR <<<


PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Outra maldita borboleta.”

RESENHA <<<
Opa!! Série da Irmandade da Adaga Negra. Este é o livro 8 e se você quiser conhecer os outros irmãos e um pouco dos seus livros, clique nas resenhas abaixo.

Esta é uma das séries mais vendidas e a cada livro fala de um dos personagens que compõem a Irmandade, vampiros especiais que protegem os civis na cidade de Caldwell. Porém, este livro fala de um personagem que não é bem um guerreiro da Irmandade (ainda).


John é o meu personagem favorito de toda Irmandade, apesar dele originalmente não ser um irmão, mas ao longo dos livros vamos entendendo pouco a pouco quem ele é e o quão importante ele pode se tornar.

Acredito que desde o livro 6 (ou final do 5), já sabíamos que ele e Xhex teriam um algo a mais, pois bastava os dois estarem no mesmo ambiente, leia-se ZeroSum e voilà... tudo a volta deles meio que pegava fogo. Por isso quando o livro anterior terminou daquele jeito, já sabia que o livro 8 seria tenso.

Para quem já lê a Irmandade sabe que cada livro fala especificadamente sobre um irmão e como ele acha/resgata/conhece a mulher da sua vida. Apesar do livro não falar exclusivamente sobre o irmão, ele é o que mais tem mais destaque. E aqui no livro do John temos também em grande destaque os melhores amigos/guarda-costas de John – Blay e Qhinn – e a autora tocou em pontos sensíveis.

Ela volta a comentar sobre o homossexualismo (em pequenas doses) e as escolhas que devem ser feitas e como isso interfere no meio. As dúvidas e mudanças estão presentes também. Quando Blay e Qhinn aparecem e suas divagações é quando o livro tem uma carga mais tensa.

Só não gostei do rumo que ela deu para o Lash, até compreendi no que ele estava se transformando e por mais que não esperasse que algo assim poderia acontecer, foi uma reviravolta que deu um ‘plus’ na história, mas neste livro ela simplesmente fez algo que me surpreendeu (negativamente).

Uma perguntinha básica, impressão minha ou a luta entre a Irmandade e os Redutores está ficando muito em 2º ou talvez em 3º plano? Afinal, por mais que amemos os irmãos e queremos saber tudo deles, no início de cada livro sempre tem aquele blábláblá básico dizendo que os irmãos lutam contra a Sociedade Redutora e isso tem diminuído vertiginosamente.


Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais <<<