POISON BOOKS - A Hora Secreta (Scott Westerfeld)


Autor: Scott Westerfeld
Tradutor: Hector Lima
Editora: iD
Publicação: 2010
Páginas: 350                                                                                  
Capítulos: 31
Série: Sim
Temas: Juvenil, Ficção
SINOPSE - Em Bixby, Oklahoma, os dias têm 25 horas. Mas apenas para alguns. Todas as noites, durante uma hora, a cidade de Bixby fica entregue a criaturas das trevas que assombram o local. Apenas um pequeno grupo de adolescentes sabe da Hora Secreta - eles são os únicos que conseguem se mover durante esse tempo que começa à meia-noite. Eles se autodenominam 'Midnighters'. 



>>> OUTROS LINKS <<<

>>> ONDE COMPRAR <<<

PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Os corredores do Colégio Bixby estavam sempre horrivelmente claros no primeiro dia de aula.”

RESENHA <<<
Eu sempre gostei de como Scott Westerfeld escreve, seus mundos loucos onde ficamos imaginando se isso ou aquilo seria possível. E aqui em Midnighters não é diferente, Meu! Quem não gostaria de ter 1 hora a mais na vida? Eu com certeza...rs

Nesta história acompanhamos alguns jovens que descobrem que isso é possível, mas apenas nessa cidadezinha no Oklahoma e só para algumas pessoas. Jessica é a menina nova que chega à cidade e descobre que também faz parte desse seleto grupo.

A história se desenvolve mais nessa 1 hora extra que eles têm, e já deixo um aviso de antemão, não há muitas explicações sobre essa 1 hora extra, os meninos que habitam na cidade há tempos buscam informações de como isso é possível e onde e porque começou, então tudo que sabemos é o que eles aprenderam nesses anos de pesquisa. E é isso que eles contam aos poucos para Jéssica.

Tem um romance interessante, na verdade ele é bem ‘infantil’, não estou considerando isso ruim, apenas diferente, pois na maioria dos romances juvenis há muitas paixões, traições e todos os sentimentos na flor da pele, e aqui não, a coisa é bem lúdica, acho que é porque tem muito mais a ver com o fato de na hora secreta eles poderem fazer coisas que eles não podem fazer nas outras 24horas do dia.

Geralmente o autor não coloca personagens aleatórios em seus livros, mesmo que quando estamos lendo (ou chegando ao fim do livro) ficamos nos perguntando por que o personagem X estava ali se ele não é importante? Provavelmente ele terá um maior destaque nos próximos livros da série, então fiquem sempre de olho.

De maneira geral os personagens são bem interessantes, tem peculiaridades e algumas vezes uns mimimis que nossa... era chato de ler, mas tolerável. As descrições não são tão detalhadas que cheguem a causar aquela sensação... chega eu consigo imaginar isso. Apenas o suficiente para entender a ideia.

E de modo geral gostei da tradução, até porque tem um fato curioso sobre este livro, as palavras com 13 letras tem poder (não pergunte o motivo, porque aí é spoiler) e quando li em inglês, claro que o autor escolheu exatamente palavras com treze letras e meu medo era que em português a coisa ficasse ‘a lá Bangu’, mas o tradutor pegou essa essência e isso merece um destaque.

Acredito que o próximo livro deve começar a trazer mais informações de porque eles têm esse ‘dom’ de ter uma hora extra e de onde exatamente vem isso tudo. No final do livro começamos a perceber que eles estão com a mente mais apta para ‘ver’ os detalhes. A série é uma trilogia e acredito que até o fim desse ano o livro 3 deve sair por aqui.



Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais <<<

Share:

0 comentários