POISON BOOKS - Como Navegar em uma Tempestade de Dragão (Cressida Cowell)


Autor: Cressida Cowell
Tradutor: Raquel Zampil
Editora: Intrínseca
Publicação: 2011
Páginas: 269                                                                                  
Capítulos: 21
Série: Sim
Temas: Infanto-Juvenil,
SINOPSE - Em sua sétima aventura, Soluço terá exatos três meses, cinco dias e seis horas para descobrir a América, encontrar o caminho de volta a Berk, salvar o pai, derrotar as Serpentes-polares e ainda vencer a Competição Amistosa de Nado Intertribal. Será que ele vai conseguir? O relógio está correndo.

                         >>>OUTROS LINKS <<<

>>> ONDE COMPRAR <<<

“Era um dia frio de primavera, no Arquipélago Barbárico, Soluço Spantosicus Strondus III, a Esperança e o Herdeiro da Tribo dos Hooligans Cabeludos, estava infeliz na Praia Ocidental das Montanhas Assassinas, usando absolutamente nada além do capacete, da espada, do colete e de uma minúscula sunga peluda.”

RESENHA <<<
Sétimo livro da saga de Soluço + Banguela, não é obrigatória ler as resenhas anteriores porque a série tem começo, meio e fim em cada um dos seus livros, mas se quiser ver as outras aventuras de Soluço, clique:

Não é uma das aventuras mais legais de Soluço e cia, não que o tema seja chato ou algo assim, mas como eles passam tanto tempo viajando, não tem aquelas reviravoltas e dramas estranhos que parecem acompanhar nossos amigos.

Neste sétimo livro, as aventuras por mais que não sejam as mesmas as vezes começam a ficar repetitivas. Mas acredito eu que como toda boa série, as pequenas pistas deixadas aqui e ali serão importantes para o desfecho da série.

O mais legal deste livro foi a forma inusitada que Soluço encara a viagem e como ele é transformado por ela. O local de destino brinca com a história e será que sempre aprendemos errado na escola? Esse foi o lado divertido e engraçado que a autora sempre dá em suas histórias.

Mas por não ter tantos dramas como geralmente acontece com a turma de Soluço, não há tanta profundidade na história. Serve como um ótimo passatempo, eu sempre gostei de Soluço, principalmente o dragãozinho Banguela, e como toda boa série que se preste tem sempre aqueles altos e baixos.


Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais <<<

Share:

0 comentários