POISON BOOKS - Os Diários de Nick Twisp (CD Payne)

Em 16 janeiro 2012

Autor: C.D. Payne
Tradutor: Ana Carolina Mesquita
Editora: Galera Record
Publicação: 2010
Páginas: 594                                                                                  
Capítulos: --
Série: Não
Temas: Jovem-Adulto, Comportamento
SINOPSE - Nick Twisp tem 14 anos e, apesar de intelectualmente avantajado se comparado aos ogros do sistema educacional público, é virgem. Ao conhecer a bela, inteligente e irônica Sheeni, ele testemunha a derrocada de sua vida de filhinho de mamãe... Para conquistar A Mulher da Sua Vida, Nick enfrentará um caminhoneiro e um policial nojentos, um poeta afetado, a polícia federal e inúmeros processos na justiça... Mas, por Sheeni, tudo vale a pena.

>>> OUTROS LINKS <<<

>>> ONDE COMPRAR <<<
PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Meu nome é Nick.”

RESENHA <<<


Depois de quase 2 anos de blog, infelizmente trago o primeiro livro que não consegui terminar. =/

Os Diários de Nick Twisp poderia ser como alguns outros livros que já li, nada muito promissor, mas as vezes o personagem consegue te cativar e quando vê acabou lendo mesmo que seja devagar e sempre, mas aqui nem foi o caso.

O personagem principal é Nick, ele é um adolescente de 14 anos e como tal a grande maioria dos seus pensamentos é sobre sexo, mas depois que ele encontrou Sheeni a vida dele complica bastante.

No início, ele descrevendo a casa louca onde mora com a mãe e às vezes a irmã mais velha que aparece é engraçado, bem como os muitos namorados da mãe. O pai namora uma menina que deve ter uns 19 anos e abriga pela pensão, bem como ele ficar indo de um lado a outro do país tem seus momentos.

Mas isso se torna repetitivo e chato, muito chato. Principalmente quando o assunto é Sheeni a menina que ele conhece em um acampamento em um momento de férias. A forma como ela enrola ele é habilidosa e divertidinha, mas depois fica cansativa e ninguém nunca chega a lugar nenhum, então todas as desculpas da garota parecem um grande déjà vu.

São 592 páginas, eu tentei por quase 3 meses avançar sem sucesso, a escrita não me prendia e depois de algum tempo até a história em si acabei deixando de lado, parece sempre ler a mesma coisa. O livro é dividido em 3 partes e consegui chegar até o final da primeira parte (página 202 exatamente).

Costumo sempre dar chances e chances para os livros que leio, pois sei que às vezes você pode não estar em um bom dia quando começa uma determinada leitura, mas em paralelo a este livro, passei provavelmente uma dezena na frente. Então, acabei jogando a toalha e entendendo que este livro não foi feito para mim.


Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais <<<