POISON BOOKS - O Dia da Caça (James Patterson)

Em 06 janeiro 2012

Autor: James Patterson
Tradutor: Fabiano Morais
Editora: Arqueiro
Publicação: 2011
Páginas: 212                                                                                  
Capítulos: 158
Série: Sim
Temas: Adulto, Suspense,Policial
Sinopse:
Alex Cross está diante do criminoso mais cruel que já enfrentou Quando o detetive Alex Cross é chamado para investigar um caso de assassinato, depara-se com a cena de crime mais terrível que já viu em toda a sua carreira: uma família inteira foi morta dentro de casa. Tudo fica ainda mais chocante quando ele descobre que uma das vítimas é Ellie Cox, sua ex-namorada dos tempos de faculdade. Furioso, Cross decide pegar o assassino a qualquer custo Logo depois outro crime acontece, novamente envolvendo uma família inteira, só que dessa vez alguns membros dela estavam nos Estados Unidos e outros, na África. A investigação leva a crer que o assassino, conhecido apenas como Tiger, viajou para a Nigéria. Sem hesitar, Cross vai atrás dele. O detetive entra numa caçada implacável, numa terra sem lei Ao chegar lá, Cross se vê diante de um terrível cenário de miséria, violência e guerra civil iminente. Sem nenhuma ajuda, ele se envolve numa luta contra a corrupção e contra uma conspiração que parece não ter fronteiras, que pode pôr em risco sua vida e a de todas as pessoas que ele ama.

>>> OUTROS LINKS <<<

>>> ONDE COMPRAR <<<


PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Georgetown, Washington, DC”

RESENHA <<<
E quando o caçador se torna a caça? É exatamente assim que o novo personagem de James Patterson se sente em seu novo livro – O Dia da Caça, o autor trás mais um livro de saga onde a marca registrada dele: capítulos curtos e muitas informações, e as vezes perseguições ao redor do mundo são maravilhosamente contadas


Alex Cross é o personagem principal, ele um policial de renome em Washington está investindo um caso que anda chocando a mídia, famílias de nomes estão sendo assassinadas e todas elas de maneira cruel. Ele que tem fama de nunca desistir começa a ir atrás dos possíveis mandantes do crime e acaba descobrindo uma rede que envolve a ‘banda podre da policia’, bem como situações bizarras em outros continentes.

Essa série teve o mesmo problema da outra que já resenhei por aqui, este não é o primeiro livro, na verdade é o livro 4, no site do autor, ele faz o perfil do detetive e coloca os livros como se fossem casos resolvidos (uma linha do tempo).

Apesar de ser uma série, eu compreendi perfeitamente o caso, e ele tem começo, meio e fim. Mas acredito que alguns personagens devem aparecer mais e melhor explicado nos anteriores, como os filhos do detetive, a nova namorada.

A série já conta com 17 livros e a leitura é muito rápida, os capítulos são curtos, não há enrolação, ele é bem objetivo, claro que há momentos de algum mistério, mas não é daquele tipo de livro que você precisa ler 50/70 páginas para achar uma pista, é como assistir aos programas de investigação na TV. É preciso manter a mente ligada ao máximo.

O autor mostra um lado de corrupção, maus tratos e um novo olhar sobre países e situações que a mídia não dá a mínima algumas vezes. E que muitas  vezes aqueles que deveriam ajudar são os que mais prejudicam.

Ótima leitura, rápida, empolgante, ágil. Recomendo para todos que gostam de quebrar a cabeça e sair do mundo fantástico... só é preciso ter um pouco de estomago, porque algumas cenas são fortes.


Quer saber dos venenos do blog? Acompanhe as redes sociais <<<