BOOKS || Além do Túmulo (Jude Watson)

Autor: Jude Watson
Tradutor: Rafael Mantovani
Editora: Ática
Série: Sim, livro 4 (série 39 Pistas)
Temas: Infanto-Juvenil, Aventura

Desilusão e mágoa. É o que Amy e Dan sentem quando chegam ao Egito à procura da próxima pista. Depois de grandes traições na Coreia do Sul, os irmãos cada vez mais entendem que estão sozinhos na caça às 39 pistas e não devem confiar em ninguém. Seguindo a dica da deusa Sakhet, eles desafiam o tempo e os mistérios do Cairo na busca pelo tesouro, mas antes encontram uma grande surpresa: uma mensagem da falecida avó Grace. Com a ajuda da matriarca dos Cahill, Amy e Dan se arriscam e se aprofundam na caçada, cada vez mais difícil. Os inimigos continuam implacáveis, mas é a incerteza da lealdade daqueles que amam que vai envenenar seus corações.
PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Se Amy Cahill tivesse que fazer uma lista com os maiores problemas dos irmãos de 11 anos, o costume de desaparecer seria o número um.

RESENHA <<<

Continuamos à procura das 39 pistas e este é o livro 4 da saga, clique para conhecer os anteriores:

Amy e Dan estão crescendo, afinal com tantos familiares estranhos, trapaceiros e mortais e claro um tesouro que vale muito mais do que os 2 milhões de dólares que eles deixaram para trás não é de se admirar que todos eles estejam nessa busca desenfreada pelo tal segredo.

Dessa vez eles vão para o Egito, não apenas eles, claro, mas lá os irmãos Cahill com a ajuda da au pair Nellie vão atrás das informações para que assim possam descobrir tudo e ir para o próximo destino. Precisam esquecer as traições e aprender que eles não devem confiar em ninguém. Mesmo.

Em relação ao anterior este foi bem melhor, eu sou fã de romances fofos adolescentes. Acho uma graça aquela coisa de ficar com as bochechas rosadas, mas o anterior foi um martírio ver que Amy, uma menina tão inteligente estava fazendo um grande papel de boba e o pior que é que foi tudo muito forçado.

Aqui ela e o irmão revelam alguns momentos do passado deles com a avó, há brigas entre os dois, há até um leve romance, mas vale lembrar que está todo mundo em uma grande caçada então os livros precisam ser dinâmicos. E isso definitivamente não aconteceu no anterior. Mas agora há bastante história e as pistas os levam para locais interessantes e pouco comentados dentro do Egito.

O que eu acho bacana na série, além dessa viagem louca, é o fato de sabermos tão pouco e mesmo assim queremos ansiar por mais. nem sempre as pistas se fecham com exatidão, mas a aventura é bacana e os locais onde a história nos leva e a forma que eles conectam isso à grande família Cahill é 70% parte da graça.

Tenha seu passaporte na mão, porque o próximo destino dos irmãos Cahill é incerto e duvidoso.

Share:

0 comentários