BOOKS || Classe A (Robert Muchamore)

Autor: Robert Muchamore
Editora: Fundamento
Tema: Infanto-Juvenil, Espionagem

Seus agentes têm entre 10 e 17 anos e costumam passar despercebidos no mundo dos adultos, que não veem uma criança ou adolescente como ameaça. Oficialmente, esses agentes não existem. A “estreia” de James como um agente de CHERUB pode ter sido bem-sucedida, mas isso não quer dizer que a vida do garoto tenha se tornado mais fácil. O árduo treinamento físico continuou a fazer parte da rotina, assim como o complicado processo de adaptação às regras inflexíveis da agência. Tanto esforço foi recompensado da melhor forma possível: ele recebeu uma segunda missão, muito maior do que a primeira. Sob a supervisão de dois agentes adultos, James e mais três agentes tinham que se aproximar dos filhos de Keith Moore – um dos maiores traficantes de cocaína da Inglaterra – e reunir informações que levassem à prisão do criminoso e ao fim de seu império. Diante de tantos desafios, será que James estava preparado para tamanha responsabilidade? Ele conseguiria lidar com suas emoções e desempenhar seu papel sem que ninguém descobrisse sua verdadeira identidade? Caçar bandidos pode parecer emocionante na ficção, mas na vida real os riscos são grandes demais para se ter garantia de que todos vão escapar ilesos.
PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
“Bilhões de insetos zumbiam ao pôr do sol.”

RESENHA:
Livro 2 da saga Cherub, caso não tenha lido a resenha anterior clique:

Agora James não é mais um novato, depois de tudo que aconteceu no livro 1 e de como ele foi parar na Cherub, a vida dele nunca mais será a mesma. O livro narra um pouquinho do dia-a-dia da organização – aulas, atividades extras, treinamentos – e claro, a parte divertida de se morar em um alojamento.

O bacana dessa série é que ela é meio independente, se você ler apenas o livro 2, você vai entender qual é a missão de James e da turma, mas vai perder um detalhe ou outro sobre a vida pessoal dele e de alguns conhecidos. Porém como as missões começam e terminam no mesmo livro, nesse caso isso é um ponto positivo.

A missão desta vez é sobre um grande traficante de drogas e o autor coloca de forma inusitada um resumo das drogas (relativas aquela missão) e em um primeiro momento até pensei, será que o autor está incentivando o uso? Mas como todos sabem, conhecimento é poder, então já que o livro fala sobre isso, ele faz um apanhado de como a droga pode ser letal.

Tem muitas reviravoltas na missão e também lá no ‘quartel-general da Cherub’, pois mesmo em missão as crianças não ficam isoladas do mundo. Esse link com o que acontece do lado de lá foi bacana, assim sabemos o que anda acontecendo sem os protagonistas presentes.

A Cherub tem uma politica mega rigorosa em relação à muitas coisas e uma dela é sobre o uso de drogas, seja nas missões ou fora dela e isso pode render a alguns personagens um passe de ida para fora das instalações.

Teve muita história de fundo, afinal todos eles são adolescentes então o autor explorou coisas como sentimentos, sexualidade, escolhas e tomar decisões. Fiquei bem animada para ler o livro 3. Para quem gosta de aventuras, um quê meio de espionagem, pode vir com tudo nessa série.

Share:

0 comentários