POISON MOVIES - Amizade Colorida



Título no Brasil:  Amizade Colorida
Título Original:  Friends With Benefits
País de Origem:  EUA
Gênero: Comédia
Ano de Lançamento:  2011
Duração: 109 mim
Estréia no Brasil: 30/09/2011
Estúdio/Distrib.:  Sony Pictures
Direção:  Will Gluck

SINOPSE:
Uma caça-talentos (Mila Kunis) convence um jovem criativo (Justin Timberlake) a aceitar uma proposta de trabalho em Nova York. Eles ficam amigos e a coisa começa a se complicar quando o relacionamento torna-se íntimo. Eles tentam amenizar a situação impondo uma regra: tudo não passa de atração física e qualquer emoção deverá ser deixada de lado. Mas, será que funciona impor regras ao coração?





RESENHA:
Como o nome diz, ao entrar para assistir o filme achei que iria ver apenas 2 pessoas amigas tentando superar o fato de estarem sozinhas e sem sexo. Mais ou menos como SEXO SEM COMPROMISSO (que foi resenhado no blog). Mas ainda bem que me surpreendi positivamente e se você acha que é uma perda de tempo ir ao cinema, esqueça... vá assistir o filme e se divertir.

A principio achei que o filme não fosse ter nenhum tipo de história e ser apenas sexo, ledo engano. Ele fala sobre solidão, como você pode estar na cidade mais populosa do mundo e estar se sentindo sozinho e também por mais que todo mundo seja muito autossuficiente, sempre pinta aquela sensação: ai eu queria ter alguém que fosse meu.

Jamie é uma recrutadora que mora em Nova Iorque, é bonita, inteligente, tem um bom emprego, mas tem a leve tendência a fantasiar os romances que vive, na verdade ela se empolga mais com o romance em si, do que com os caras que está vivendo o tal romance. Já Dylan é dono de um blog na internet e vive em LA e de repente está em Nova Iorque, uma nova vida e vivendo aquela solidão toda de cidade grande.

Eles começam a se tornar amigos, ela por ser sociável, ele porque é a única pessoa que conhece na cidade, além dos colegas de empresa e após saídas e almoços, começam a perceber que o amor as vezes é uma droga e tem a ideia de porque não ter apenas sexo? Sem envolvimentos, sem dramas.

Quando eles decidem isso é quando o filme fica divertido, eles tem manias estranhas na cama e você morre de rir, mas ao mesmo tempo que parecem não se dar bem com a ideia, eles são surpreendidos e acabam se saindo bem melhores, talvez melhor se namorassem e aí que começa a mudar o foco do filme.

Tem um pouco de tudo, festas e noites alegres e também momentos de solidão, todas as coisas incríveis que acontecem em Nova Iorque, criticas sobre as musicas dos filmes e aos poucos conhecemos cada um dos personagens, mesmo os secundários e percebemos que muitas vezes é difícil aceitar ou modificar algumas coisas e que na maioria das vezes é preciso arriscar.

Vale assistir, porque vocês vão se divertir horrores, porque tem cenas interessantes =P e porque só algumas vezes todo mundo desejou que a vida fosse como nos filmes e todo mundo quer o seu Felizes Para Sempre ;)

Ahhhh você que leu a resenha de hoje e comentou, está concorrendo a um par de convites do filme “Contágio”. Vale até as 23:59!!!

Venenoso


Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários