POISON BOOKS - Infinito (Alyson Noel)



Autor: Alyson Noel
Editora: Intrínseca
Publicação: 2011
Páginas: 239                                                                                
Capítulos: 45
Tema: Jovem-Adulto, Sobrenatural

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Após derrotarem seus inimigos mais temidos, Ever e Damen começam uma nova jornada para que ele se livre do veneno em seu corpo. Se encontrarem o antídoto, finalmente serão capazes de viver a paixão pela qual anseiam há séculos. A busca, porém, leva-os a um terreno desconhecido e pavoroso — as profundezas de Summerland. Lá, eles descobrirão a origem obscura e inimaginável de seu relacionamento e serão obrigados a encarar uma dolorosa verdade: o destino tem motivos para mantê-los separados. Agora, o futuro irá depender de uma única decisão, que poderá pôr em risco tudo o que eles têm. Inclusive a eternidade.



PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
“– Ever, espere!”

RESENHA:
Finalmente o último livro da saga OS IMORTAIS. Vocês acompanharam comigo todos os altos e baixos dela, mas se você não lembra ou não leu alguma das resenhas dos outros livros, aproveite e confira antes de embarcar no último livro.
Livro 1 – Para Sempre

Finalmente descobrimos a primeira vida de Ever e Damen e porque essa maré de azar em todos os séculos que viveram juntos. E todos os personagens que passaram pela história ou ainda estão nela também tem um papel importante nessa primeira vida, onde tudo começou a dar errado para o feliz casal.

Ok, esperava um livro bombástico, cheio de revelações e tão fenomenal quanto o primeiro da saga, pois falaram que este era o melhor de todos (?!), não!!! O livro foi arrastado e chatinho como tem sido desde o terceiro praticamente.

O livro tem muito de Ever procurando a árvore da vida, que de acordo com a lenda seria capaz de resgatar a alma dos imortais que estão presos na Terra das Sombras (Shadowland) e devolver a vida mortal, de tal modo que eles finalmente tenham o verdadeiro descanso. Mas até essa parte é estranha, não foi muito desenvolvida sabe?

O livro inteiro é assim, há boas ideias (dentro do contexto já apresentado), mas elas não são exploradas, então parecem que foram pouco pensadas e não dão uma sensação ampla, nos fazem pensar ou algo assim, as respostas de tudo caem no colo de Ever, o que não aconteceu em nenhum dos livros, pois ninguém nunca contava nada à ela, ela sempre tinha de descobrir.

Acredito que se a saga fosse menor, uns 3 ou 4 livros, ela seria mais condensada e talvez mais desenvolvida, ela tem muita enrolação ao longo dos livros, por isso o final foi bem morno, eles ficam juntos (finalmente), mas não empolgou ou te fez suspirar como em livros bem mais simples por aí. A sensação que tive foi: caramba, 6 livros para ler este final?

Como disse ao longo da série, a ideia é boa, mas ela foi mal aproveitada ao longo dos livros, isso acabou se tornando repetitivo e depois de algum tempo um tanto previsível e irritante.

Suave Veneno


Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários