POISON BOOKS - Footloose (Rudy Josephs)



Autor: Rudy Josephs
Editora: Galera Record
Publicação: 2011
Páginas: 236                                                                                
Capítulos: 24
Tema: Jovem-Adulto, Outros

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Quando Ren, saído de Boston, se muda para uma pequena cidade no interior dos Estados Unidos, enfrenta um intenso choque cultural. Em Bomont, a diversão é proibida: nada de ficar fora de casa até tarde; festas, sem chance; o rock é banido e simplesmente esqueça sair para dançar. Agora ele está engajado em uma causa simples: fazer com que todos possam se divertir! Daqueles que não desistem com facilidade, Ren desafia a ordem local enquanto luta para chamar a atenção de Ariel, a bela e atraente filha do reverendo Shaw.



PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
“Ren McCormack corria pela larga rua de Boston, as bolsas que ele carregava batiam contra seu corpo a cada passo.”

RESENHA:
O quanto você gosta de música? Não precisa ser nenhuma banda especifica, pode ser apenas o prazer de ouvir algo, se expressar através da dança, ouvir algum som e já pensar em seus amigos e pessoas especiais. Agora e simplesmente ouvir música e dançar fosse proibido, o que você faria?

Ren é do tipo de pessoa como eu, adora música, escuta se está triste, alegre, com saudades, para se livrar de algo, enfim, está vivo é igual a estar ouvindo música, mas por força do destino ele precisa se mudar de Boston para uma cidadezinha do interior e lá há uma lei bem clara: Ela proíbe demonstrações publicas de dança, som alto?! Nem pensar.

Serei sincera, o livro não tem nada de especial do tipo uau precisa ler desesperadamente, mas ele traz uma mensagem tão importante que ele simplesmente me ganhou. Ele fala de lutar por algo que se acredita, se fazer ouvir. Ter seus direitos reconhecidos e isso é algo muito raro nos livros de hoje em dia.

Ren teve uma vida difícil, enfrentou muitas coisas e a cidade pequena com suas leis loucas o deixa cada vez mais com aquela sensação de que precisa ir embora o quanto antes. Ariel é a protagonista, a filha do pastor. Ela mais do que ninguém precisa andar na linha, mas desde que a lei foi aprovada, ela tem feito de tudo menos andar na linha e quando os dois se encontram o céu pode ser o limite.

O livro foi escrito em 1972, mas passou por um upgrade pois tem coisas que com certeza não eram da época e hoje é quase impossível não falar disso, imagina alguém dizer q escuta música em um walkman e não em um Ipod, praticamente apanha....rs

Este livro não tem muito romance (do tipo meloso), o foco é mesmo a dança, a luta pela música, pelos direitos. Isso que me encantou no livro, ver jovens brigando por algo, porque vamos ser sinceros, quantas vezes nós jovens brigamos por algo? A grande maioria das coisas cai na nossa mão, praticamente não precisamos mover um dedo.

A história em si seria 3 caverinhas, mas o tema e o jeito como tudo é contado vale mais uma, estou ansiosa para o filme, acredito que será um dos poucos fieis. E será um remake do filme de 1984. Mas aviso, não esperem que seja algum livro do tipo você vai morrer se não ler. Ele é bom, leitura rápida, vale mais pelo tema e mensagem que passa.

Venenoso


Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários