POISON MOVIES - Qual Seu Número?



Título no Brasil:  Qual Seu Número?
Título Original:  What’s Your Number?
País de Origem:  EUA
Gênero: Comédia Romântica
Ano de Lançamento:  2011
Duração: 106 mim
Estréia no Brasil: 12/10/2011
Estúdio/Distrib.:  Fox Filmes
Direção:  Mark Mylod

SINOPSE:
Em 'Qual seu Número?', Ally é uma garota que se depara com uma pesquisa de uma revista feminina que mostra que mulheres que tiveram mais de 20 parceiros sexuais na vida tem 96% de chance de não se casarem. Desesperada, ela decide revisitar seu passado de ex-namorados com o intuito de encontrar o homem dos seus sonhos sem ultrapassar este número mágico. 



RESENHA:
Geralmente costumo ler os livros antes de ver os filmes, mas dessa vez seguindo um impulso resolvi ver “Qual o Seu Número?” antes de lê-lo, vai que a percepção muda? Devemos sempre buscar algo novo não?

É uma comédia romântica, com direito a clichês de morrer de rir, momentinhos vergonha alheia e aquela coisa louca que nós mulheres amamos. Responder perguntas sem eira nem beira de revistas, não importa se você tem 10 anos, 18 ou até mesmo mais de 30. Parece que é uma coisa meio louca, tipo uma compulsão.

E assim que o filme se desenrola, Ally que após ser despedida da firma onde trabalha, na volta para casa vê um artigo na revista Marie Claire, dizendo que a média de amantes de uma mulher é de 10,5 homens e que as que transam com mais de 20 não conseguem achar um marido.

Aí a moça pira, mas no bom sentido. Quando ela faz a lista dos caras que transou e está tão perto de bater o número, ela sente que precisa fazer algo, agora junte sua irmã perfeita estar casando, a impressão que todo mundo com quem namorou estar evoluindo menos você e aí sim, pode pirar. E nessa busca louca para provar que a revista está errada, ela vai reencontrar os namorados junto com o vizinho gato.

Ri bastante, a personagem é do estilo sem noção, mas nada exagerado. Ela vive a vida, as vezes demais, é daquelas que tenta acertar tudo, mesmo que meta os pés pelas mãos, vive presa no que os outros querem que ela seja, tenta ser tão perfeita quanto a irmã, tenta agradar a mãe e ao mesmo tempo sabe que nada daquilo é ela, mas não sabe como dizer não.

Mas os momentos mais loucos do filme com certeza são quando ela relembra os namorados, cada figura que passou pela vida da moça que olha...rs. É boa garantia de risadas. Agora eu vou para o livro e vê se vou me divertir tanto quanto assistindo o filme.

Venenoso


Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários