POISON BOOKS - Julieta Imortal (Stacey Jay)




Autor: Stacey Jay
Editora: Novo Conceito
Publicação: 2011
Páginas: 237                                                                                 
Capítulos: 24
Tema: Jovem-Adulto, Romance

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Julieta Capuleto não tirou a própria vida. Ela foi assassinada pela pessoa em quem mais confiava, seu marido, Romeu Montecchio, que fez o sacrifício para assegurar sua imortalidade. Mas Romeu não imaginou que Julieta também teria vida eterna e se tornaria uma agente dos Embaixadores da Luz. Por setecentos anos, Julieta lutou para preservar o amor e as vidas de inocentes, enquanto Romeu tinha por fim destruir o coração humano. Mas agora que Julieta encontrou seu amor proibido, Romeu fará de tudo que estiver ao seu alcance para destruir a felicidade dela.




PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
“À noite, poderia entrar pela porta.”

RESENHA:
E se a maior história de amor fosse uma fraude? E se realmente Julieta não fosse a alma gêmea de Romeu? E se eles estivessem há quase 700 anos nesse jogo em busca do amor verdadeiro?

Essa é a premissa de Julieta Imortal, capa intrigante e toda essa premissa tinha despertado a minha curiosidade desde a Bienal. Mas ao ler as paginas comecei a perceber que exatamente por ser tratar da história de Romeu e Julieta e eles serem personagens tão conhecidos, a história se perdeu.

O início é confuso, mas Julieta e Romeu não morreram/se mataram como na história de Shakespeare. Eles vagam desde então, ela em busca de ajudar as almas gêmeas, o amor verdadeiro, ele para destruir isso. Mas eles entram nos corpos das pessoas que deveriam ajudar e no início, as essências de Julieta e de Ariel (a menina que ela ‘habita’) começam a brigar pelo domínio do corpo e nós não conseguimos entender.

A história se desenrola até de forma interessante, mas Julieta cismou que Romeu que a matou e por causa desse pensamento, ela não é tão luz quanto deveria ser. E no meio do 2º grau, ela precisa descobrir quem são as almas gêmeas que deve ajudar.

Engraçado que o que me fez querer muito o livro foi por ter uma ligação com a história original e mais após algumas paginas fiquei pensando, poxa se não fosse pelo fato de ser Romeu e Julieta poderia gostar mais da história. É que a autora mudou tanto e criou algo tão estranho que acredito que se não fosse os personagens que conhecemos a história seria bacana e mudar o final não teria me deixado com aquela sensação de que o livro promete muito mas não cumpre.

A saga demora um pouco para desenrolar o final, acho que é devido ao ceticismo da Julieta e a forma ferrenha dela de acreditar que foi traída. Aí o vilão – Romeu – aparece mais e se torna mais interessante que a protagonista.

Tóxico



Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários