POISON BOOKS - Estrela da Noite (Alyson Noel)



Autor: Alyson Noel
Editora: Intrínseca
Publicação: 2011
Páginas: 234                                                                                
Capítulos: 41
Tema: Jovem-Adulto, Sobrenatural

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Certa de que Ever é responsável pela morte de Roman, Haven está determinada a destruí-la. Seu primeiro passo é separá-la de Damen, e, para isso, conta com a arma ideal: um segredo terrível sobre suas vidas passadas, que lançará uma nova luz sobre o relacionamento de Ever e Jude. Obrigada a enfrentar seus maiores medos com relação ao companheiro que escolheu para a eternidade, Ever é lançada em um combate mortal contra Haven, que poderá significar a destruição de todos. É chegado o momento de se questionar: para sobreviver, ela seria mesmo capaz de condenar Haven à escuridão de Shadowland? E será que todo o seu futuro com Damen poderia mesmo depender de uma revelação do passado?




PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
– Você nunca me vencerá.

RESENHA:
Este é o livro 5 da série Os Imortais, para acompanhar todas as renhas que já passaram por aqui, clique nos links abaixo:
Livro 1 – Para Sempre

Nunca vi uma personagem ser tão cabeça dura e onde TUDO dá errado para a menina. Minha leitura dessa série está se dividido em 3 pensamentos: pena da Ever, porque tudo sempre dá errado para ela; raiva, porque ó menina burra e ódio, porque tem horas que é tanta repetição que fica mega difícil.

Ao termina o livro fiquei pensando: Já não li a mesma coisa dessa história em outro livro antes? Sim! O livro é quase uma cópia do livro 3 da saga, mas se lá o vilão era Roman, aqui é a outra malinha – Haven.

Eu teria deixado a garota morrer (ok, eu sou má), porque só podemos ter um personagem irritante e repetitivo em suas ações, e nisso todos já sabemos que Ever é a rainha na repetição de coisas erradas. Fiquei esperando mais de Damen, ele ‘entrou mudo e saiu planta’ na história – brincadeiras a parte, a grande explicação da vida de Ever e Damen poderia ser melhor explicada, acredito que se a autora tivesse começado a explicar a vida dela nos outros livros poderia ser algo a mais a ser detalhado agora.

As gêmeas quase não apareceram. Não que elas sejam de suma importância, mas quando tantos personagens aparecem na história queremos saber deles ao longo da saga, principalmente queremos aquela ligação com o protagonista. O único que foi muito bom foi o Miles – centrado, inteligente e com ações certas. Sempre ficava animada quando ele aparecia.

Venho batendo na mesma tecla, mas o que mata a série é a repetição, sempre parece mais do mesmo. A autora poderia rumar para novas coisas envolvendo o carma e essa coisa de equilíbrio, é um assunto tão vasto a ser explorado.

De todos que li até agora, esse foi o que mais arrastei a leitura e também o mais repetitivo, mas como toda boa saga sempre tem aquele final feliz, quero saber o que me espera na finalização da série.


Suave Veneno



Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários