POISON BOOKS - Amante Consagrado (JR Ward)



Autor: JR Ward
Editora: Universo dos Livros
Publicação: 2011
Páginas: 548                                                                                
Capítulos: 57
Tema: Vampiros, Sobrenatural, Romance

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenvolve-se uma furiosa guerra entre os vampiros e os seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. E agora, um Irmão obediente deve escolher entre duas vidas... Ferozmente leal à Irmandade da Adaga Negra, Phury se sacrificou pelo bem da raça, convertendo-se no macho responsável por manter a linhagem da Irmandade. Como o Primaz das Escolhidas, ele será o pai dos filhos e das filhas que assegurarão que sobrevivam as tradições da raça, e, que haja guerreiros para lutar contra os redutores. Como sua companheira, a Escolhida Cormia quer ganhar não só o corpo, mas também o coração de Phury para si... Ela vê o guerreiro emocionalmente deteriorado atrás de toda sua nobre responsabilidade. Mas enquanto a guerra com a Sociedade Redutora se torna mais severa, uma grande tragédia abate a mansão da Irmandade e Phury deve decidir entre o dever e o amor.



PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
“O mago havia retornado.”

RESENHA:
Este livro faz parte da saga da Irmandade da Adaga Negra, para acompanhar a história desde o início, clica nas resenhas anteriores.

Serei sincera, após terminar a leitura do livro anterior e toda aquela reviravolta e milhares de acontecimentos era óbvio que estava querendo mais da saga e apesar de raramente ler coleções seguidas embarquei nesse livro.

E fiquei decepcionada =/, nossa como podemos ter 5 livros tão bacanas, tão cheios de personagens e informações e ter este livro. Foi um arrastar de drama e agonia que nem eu aguentava mais, estava doida para chegar ao fim.

Não quero dar spoiler da história, mas no resumo geral, Phury resolve assumir uma posição importante dentro da Irmandade e ao assumir percebe que muitas coisas precisam ser modificadas ou serem feitas de livre e espontânea vontade e não por obrigação/tradições. E uma das ‘responsabilidades’ tem a ver com a frágil Córmia.

Eles se merecem!!! Ela dramática e cheia de mimimi e ele não ficou atrás. Toda vez que ia para a parte deles eu ficava sufocada, nenhum dos casais foram assim tão sem graça. Eles bateram o record na chatice.

Por isso vou falar da parte que todo mundo odeia – os Redutores – mas foi o que salvou o livro, pois há muitas reviravoltas na organização e a revelação do novo membro me deixou de queixo caído.

Então melhor manter o foco nos Redutores e em John e seus amigos que são de grande importância e com muitas revelações, pois o casal principal deixou a desejar.

Apesar de eu gostar muito da saga, após este livro fiquei meio com pé atrás para o próximo volume.. e como disse antes, o livro 5 abriu mil possibilidades que nem foram exploradas aqui. Vou baixar minhas expectativas antes de ir para o 7.

Tóxico



Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários