POISON BOOKS - Anna e o Beijo Francês (Stephanie Perkins)


Autor: Stephanie Perkins
Editora: Novo Conceito
Publicação: 2011
Páginas: 288                                                                             
Capítulos: 47
Tema: Romance, Jovem-Adulto

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer? 




PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
“Isso é tudo que sei sobre a França: Madeline, Amélie e Moulin Rouge.”

RESENHA:
Este livro é um romance fofo, onde a aposta principal é escolhas e o que elas acarretam na nossa vida. Algumas escolhas não são bem ‘escolhas’ nos são impostas, mas nos mudam completamente enquanto outras, meio que aceitamos por ser mais fácil ou menos trabalhoso. Mas em qualquer um dos casos, tudo isso nos fazer parar e pensar sobre nós mesmos e o que queremos ou não nessas mudanças.

Anna é obrigada a ir para França em seu último ano da escola, alguns diriam Uau é a França, mas ela está pouco se importando, ela não queria largar os amigos, o ficante, a vidinha que ela tinha para estudar na França, mesmo que fosse a cidade luz e a mais bela e romântica do mundo.

Mas ao chegar à escola americana de Paris, ela percebe que não é apenas ela que está naquela situação – de estar em algum lugar sem de fato querer estar – e ao contrario dela que quer se agarrar a sua antiga vida com unhas e dentes, seus novos amigos tentam aproveitá-la da melhor forma possível.

Quando ela conhece St. Clair parece que tudo muda, aquele friozinho na barriga começa e parece impossível estar perto dele sem gaguejar ou parecer uma boba, mas ele tem namorada e quer apenas ser um amigo, mostrar uma França muito mais interesse, não apenas os museus e toda aquela coisa de turista, mas o famoso Quartier Latin, onde a boemia e a criatividade andam a solta.

E é nesse clima que as coisas começam a acontecer, todos os novos amigos de Anna passam por algum tipo de problema (e quem não tem algum problema aos 16 anos?), mas o principal de todos eles é sobre escolhas e relacionamentos, não apenas relacionamentos amorosos, mas com a família, amigos e a vida de uma maneira geral.

Apesar do nome bem sugestivo, ele não é tão romântico assim, claro que há cenas de beijos lindinhas e declarações de fazer as bochechas corarem e ficarmos pensando, também gostaria que fosse assim, mas há mais divagações sobre os sentimentos do que romance propriamente dito. Até porque o foco da protagonista namora e isso é um dos grandes confrontos entre eles.

Algo que achei muito bacana e chamou atenção foi a descrição dos personagens, pois geralmente os mesmos sempre são belos de forma quase intocável para qualquer um, inclusive o protagonista, mas aqui a autora descreve eles de forma simples e normal, tanto que St. Clair é baixo e tem um dente lascado, fala das mãos deles. Enfim, ela não coloca nenhum deles no pedestal. Na verdade, ao ler o livro nem me foquei na beleza de nenhum deles, porque aos poucos eu ia formando meu St. Clair, minha Anna, seu pai e os outros...

A autora está para lançar mais um livro nessa mesma temática – Lola and the Boy Next Door – pelo que li não é uma continuação deste livro, mas deve seguir a ideia de ‘o amor está mais perto que você imagina’, indico para quem adora ficar com aquele sorriso bobo no rosto e saber sobre Paris, porque né... Paris é Paris, mesmo nos livros =]

Venenoso

Compre Aqui – Compare Preços:





Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários