POISON MOVIES - Piratas do Caribe 4 - Navegando em Águas Misteriosas


Título no Brasil:  Piratas do Caribe 4 – Navegando em Águas Misteriosas
Título Original:  Pirates of the Caribbean: On Strange Tides
País de Origem:  EUA
Gênero: Aventura
Ano de Lançamento:  2011
Duração: 137 mim
Estréia no Brasil: 20/05/2011
Estúdio/Distrib.:  Disney
Direção:   Rob Marshall

SINOPSE:
 O Capitão Jack Sparrow retorna em mais uma aventura cheia de ação sobre verdade, traição, juventude e legado. O capitão começa sua jornada quando cruza com uma mulher de seu passado (Penélope Cruz), a filha do lendário Barba Negra. Sparrow está em busca da Fonte da Juventude, e não sabe se a relação deles é amor, ou se ela apenas é uma cruel golpista que quer saber como chegar à fonte. No navio de Barba Negra, Sparrow se preocupa em quem deve ficar se olho: em seu antigo amor, ou em seu grande rival, o Barba Negra.




RESENHA:
Mais um filme da franquia Piratas do Caribe e antes de começar a resenha, aviso que mesmo que você não tenha visto nenhum dos filmes anteriores, pode ir assistir tranquilamente. Talvez o máximo que vá perder seja algo em torno de 15% do enredo, pois as vezes há referências de personagens e fatos relativos aos outros filmes, mas de modo geral isso não é um problema a temer.

Eu gosto de Piratas, principalmente Jack Sparrow. O filme praticamente só tem graça devido às muitas situações non sense que ele faz. Fugas doidas e improvisadas, planos com total tendência para o erro e coisas do tipo. E aqui isso acontece e muito. E claro, isso é a graça do filme, porque se tudo desse certo seria muito sem graça.

Os três filmes anteriores falavam de Will e Elizabeth é passado. E a bela da vez é a Penélope Cruz que interpreta a Angelica, uma suposta filha do pirata Barba Negra e como ele meio que tem uma sentença de morte nas costas, a busca pela fonte da juventude é o mote deste filme.

Não que seja a primeira vez que se fala da fonte da juventude nos filmes, mas é a primeira vez que realmente eles vão atrás. E para chegar lá, além da pirataria clássica, lutas de espadas, perseguições em alto mar e coisas do gênero, há as belas sereias, responsáveis por guardar uma parte do enigma para a tal fonte.

Há momentos onde cenas escuras e apenas milhares de perseguições foram desnecessárias, não sei coo isso funciona  3D, pois ultimamente ando evitando essa tecnologia, pois de maneira geral os filmes estão com poucos efeitos 3D para justificar o preço elevado.

É uma aventura para família e para os fãs da saga. Apesar da história possuir atrações diferentes, podemos dizer que é mais do mesmo. Aventura, romance, ação, lutas. Vale a ida ao cinema para se divertir.

Circulam rumores de que a franquia contará com mais 2 filmes, será?

Venenoso



                                                                      


Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.
       

Share:

0 comentários