BOOKS || O Recruta (Robert Muchamore)

Autor: Robert Muchamore
Editora: Fundamento
Tema: Infanto-Juvenil, Espiões
CHERUB é uma agência de espionagem. Seus agentes têm entre 10 e 17 anos e costumam passar despercebidos no mundo dos adultos, que não veem uma criança ou adolescente como ameaça. Oficialmente, esses agentes não existem. Mesmo para um adolescente, a rotina de James Choke era conturbada até demais - ele nunca procurava confusão, mas estava sempre metido em uma. E as coisas só pioraram quando a mãe do garoto morreu no mesmo dia em que ele foi expulso da escola depois de uma briga com uma colega de classe. James foi mandado para uma instituição para órfãos, onde encontra garotos com histórias ainda piores que as dele e que invariavelmente sairiam dali direto para uma curta e tensa vida de crimes. Quando pensou que nada poderia mudar seu destino, James foi surpreendido com um convite para tornar-se um agente da CHERUB. Ele agarrou a chance e começou um treinamento que testou todos os seus limites físicos e psicológicos. A primeira missão de James foi infiltrar-se em uma comunidade onde um grupo de terroristas poderia estar se escondendo. Mas será que ele estava realmente pronto para agir sem despertar suspeitas? Será que vai suportar a pressão de cumprir uma tarefa tão arriscada? O garoto terá que entender que no jogo de espiões da vida real não existe "continue" ou "restart". E que falhar não é uma opção.
PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
“James Choke detestava Ciência Combinada.”

RESENHA:
Quando recebi esse livro, a primeira coisa que pensei sobre ele é que talvez não fosse muito do meu gosto, nada contra livros infanto-juvenis (até porque adoro os mesmos), mas fiquei pensando o que poderia sair de tão incrível num livro sobre uma agencia de espiões mirins? Algo como uma copia de ‘Pequenos Espiões’?

E depois que terminei fiquei pensando, Porque não li isso assim que chegou? Não costumo classificar em livros de meninos ou meninas, se bem que alguns assuntos acredito ser mais voltados para um do que para outros, mas este aqui é para todas as idades. O autor soube colocar todas coisas atuais nesse mundo e nós apenas desejamos entrar nele também.

James poderia ser mais um personagem qualquer de um livro se ele já não tivesse uns parentes estranhos: a mãe é uma ladra e ele só tem do bom e do melhor (roubados, claro), o pai ninguém sabe e ninguém viu. A irmã é a única que está com ele 100%, pois sabe como é ser criado assim e seu padrasto (cara mala d+, pai da irmã) só está interessado nos bens da mãe. Acha que pode piorar?

Mas Murphy é tudo nessa vida e de repente James se vê sozinho e é quando ele tem a oportunidade de entrar na agência. Mas não ache que vai ser moleza porque nada ligado ao MI5 é fácil. O treinamento foi intenso e teve horas que eu estava pedindo para sair (kkkk, eu só estava lendo e nem suava, imagina passar frio e fome? Tá doido...).

As missões são inteligentes e ao mesmo tempo que lemos que um erro pode colocar tudo a perder, parece ser como um grande playground, imagina como esses atores mirins que sabem que estão gravando e é sério, mas ao mesmo tempo é divertido? O livro é assim, momento de tensão, sem saber se ele vai conseguir passar nos desafios que a agência propõe e ao mesmo tempo torcendo para que ele se saia bem por todo o drama do rapaz.

Na história tem um pouquinho de tudo; superação, paqueras, dar valor a família, aos amigos e também saber que tudo tem hora certa para acontecer. Mas só tem uma coisa que me desanimou na saga, porque sim, é uma saga e ela é grande galera. São 12 livros e tem uma saga O Retorno, então somando tudo deve ser uns 20 livros =/

Sorte que a Fundamento traz os livros bem rápidos, meu conselho é garantir seu exemplar e se preparar para entrar nas missões com James e a turma da Cherub. Seria legal se esse livro virasse uma série de TV =]

Próximo Livro:
Livro 2 - Classe A

Share:

0 comentários