POISON BOOKS - Amante Revelado (JR Ward)


Autor: J. R. Ward
Editora: Universo dos Livros
Publicação: 2010
Páginas: 495                                                                             
Capítulos: 50
Tema: Vampiros, Romance

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Butch O Neal é um lutador por natureza. Ex-policial da divisão de homicídios, durão, ele é o único humano que já foi admitido no círculo da Irmandade da Adaga Negra. E deseja mergulhar ainda mais fundo no mundo dos vampiros, na guerra contra os redutores. Não tem nada a perder. Seu coração pertence a uma vampira, uma beldade aristocrática inatingível para ele. Se não pode ter Marissa, então, pelo menos, quer lutar lado a lado com os Irmãos. O destino o amaldiçoa realizando precisamente o seu desejo. Quando Butch se sacrifica para salvar um vampiro dos assassinos, cai vítima da força mais sinistra dessa guerra. Deixado para morrer, é encontrado por um milagre, e a Irmandade recorre a Marissa para trazê-lo de volta. Mas, mesmo o seu amor pode não ser suficiente para salvá-lo...



PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
“- E se eu lhe dissesse que tenho uma fantasia?.”

RESENHA:
Este é o livro 4 da IRMANDADE DA ADAGA NEGRA, antes de conferir a resenha deste livro, passe nos outros.

Confesso que a ideia desta série é bem parecida – o livro fala de um dos irmãos, aprofunda o seu passado e o motivo de hoje em dia ele estar assim, apresenta uma personagem feminina (ou melhora a apresentação da mesma) e todo o drama para saber se eles irão ou não ficar juntos.

Mas este livro me chamou atenção por dois motivos: 1 – Butch é o único humano no grupo e o passado dele é bem mais interessante do que pensei. E 2 – a autora foi bem ousada (e acredito que vai continuar a ser nesta saga) por abordar um tema controverso.

Na história além dos personagens normais, a Irmandade, os redutores e os que ficam ao redor vão sendo incrementados aos poucos, em cada livro uma nova informação vai surgindo, um detalhe aqui e acolá que evita que o livro fique maçante falando apenas do mesmo personagem.

Mas claro que a estrela é o humano – Butch – até porque ele está metido nessa enrascada até o pescoço, não pode ir embora porque sabe demais sobre os vampiros, sua relação amor-ódio com Marisa está no limite e seu passado sombrio é algo interessante e bem peculiar. Confesso que essa ideia nem tinha me passado pela cabeça.

E tudo que acontece com o guerreiro vai refletir nos redutores (inimigos da IAN), pois Butch é um ser único e como tal passa a ser ‘disputado’ pelos dois lados, profecias antigas, passados sombrios e um momento de fossa total são os grande ingredientes.

E outra coisa que eu já tinha ouvido falar por alto enquanto estava a caça de outras informações da irmandade é a questão sexual. Na verdade, todos os livros tem essa questão bem acentuada (por isso quem não gosta muito de ler sobre sexo, deve deixar essa saga de lado), mas nesse há certas insinuações que fica difícil não perceber.

Não tenho nada contra e nem a favor, mas sabemos que isso é sempre um ponto controverso nos livros, séries e afins e nunca saga de sucesso como essa, isso não seria diferente. Com certeza a partir deste livro, as insinuações irão ganhar mais força (acredito que sim) e como a autora vai resolver – se ela vai ceder as pressões da mídia ou os apelos do publico – será um embate para quem sabe o livro 8 ou 9 (último livro que saiu nos EUA).

Até lá, eu continuo lendo sobre os guerreiros, torcendo para que alguns personagens ganhem mais destaques e agora quero saber como isso vai terminar, tanto o lado sensual quanto se o humano vai aguentar a vida que ele deseja abraçar nesse livro.

Venenoso
 
Compre Aqui – Compare Preços:








Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários