POISON BOOKS - Pegasus (Kate O'Hearn)


Autor: Kate O'Hearn
Editora: Leya
Publicação: 2011
Páginas: 286
Capítulos: --
Tema: Mitologia, Infanto-Juvenil

SINOPSE:
Quando Pegasus, o majestoso e mitológico cavalo alado, é atingido por um raio e cai em seu terraço durante uma violenta tempestade que deixa Nova York no escuro, a vida da jovem Emily transforma-se em uma lenda. Buscando ajuda para tratar os graves ferimentos de Pegasus, Emily recorre ao garoto estranho da escola, Joel. Trabalhando juntos, eles rapidamente descobrem que o cavalo alado tem mais do que ferimentos da tempestade.




PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:

RESENHA:
Quando gosto de um tema, geralmente tento ler de tudo que encontro sobre ele, não apenas para comparar as idéias dos diversos autores como também vê a variedade de olhares sobre o assunto.

E mitologia é um dos meus assuntos favoritos, já comentei bastante da mitologia grega com a saga Percy Jackson e também com a internacional Oh My Gods, até a egípcia teve sua vez por aqui com A Crônica do Kanes.

Este livro fala de mitologia romana (se bem que apenas trocar os nomes dos deuses não seria algo que classificaria como mitologia romana), mas aqui os deuses são chamados pelos nomes romanos.

A história de Pegasus poderia ser classificada como fofa e mágica. É para o público infanto-juvenil. Ela fala mais sobre amizade e saber diferenciar o certo do errado em relação as atitudes e afins.

Na trama, o Olímpio entra em guerra e alguns Olímpicos param aqui na Terra, e entre eles está o famoso cavalo alado. Que é resgato pela protagonista Emily e junto com Joel DeSilva (o sobrenome italiano?! Seria uma das explicações para os deuses terem sobrenomes romanos) tentam estabelecer a paz tanto aqui como lá no Olímpio.

Eu esperava mais da história, tem uns momentos meio FBI e caça aos aliens (nesse caso os deuses) que não tem muito a ver com a história, ficou um tanto surreal. E sem contar que tem muita coisa mirabolante para os protagonistas que tem mais ou menos uns 12/14 anos.

Mas é uma das sagas bonitinhas, onde o público deve prestar mais atenção aos valores das coisas e as boas ações dos personagens do que a estrutura da história em si. Isso fica bem forte, o arrependimento dos atos errados, o querer ajudar a consertar/melhorar as coisas. Esses valores aparecem bem mais.

Por ser uma saga e ainda não ter definido quantos livros ela pode ter, não sei o que esperar. O que eu gostaria mesmo era de ler mais mitologia, comparações e até deuses que raramente entram nas histórias, pois isso apareceu muito pouco neste livro.

Tóxico


Compre Aqui – Compare Preços:

 Submarino – R$ 21,90 | Buscapé – R$ 17,00 a R$30,00 








Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários