POISON BOOKS (Em Off) - 13 Little Blue Envelopes + Forgive My Fins


De volta essa coluna onde conto um pouquinho dos livros que as vezes fazem sucesso lá fora e ficamos esperando ansiosos que ele seja publicado em terras tupiniquins. Um dos livros de hoje será publicado por aqui. Então a resenha será um aperitivo do que vocês poderão ler em breve.

Um livro fala de viagens e descobertas e não tem nada de sobrenatural no meio (ufa! Adoro todo o mundo sobrenatural, mas as vezes ele cansa um pouquinho e fico tão contente quando leio outras coisas) e o outro é de uma autora que já falei dela nessa coluna. O tema da vez é sereias!

O livro que a editora Underworld vai publicar 13 Envelopes Azuis é uma graça. Ele é algo que li muito pouco, não porque não goste do tema, mas esse tipo de tema não aparece muito. Sobre viagens. Mas não qualquer viagem, essas do tipo vou me conhecer ou conhecer o mundo ou qualquer coisa relacionada a apostas.

Neste livro a personagem principal (Gina) é a do tipo cheia de mimimi, não é aventureira, toda certinha, careta digamos assim, mas sua tia querida e toda cheia de vida deixa um legado ao morrer, 13 envelopes e ela precisa seguir a risca as informações contidas neles e só pode abrir os próximos depois que cumprir a tarefa do anterior, ou seja, ela só pode abrir o segundo depois que cumprir o envelope 1 e assim até chegar no 13º.

Parece fácil, mas logo de cara, no primeiro envelope há a seguinte regra: sem dinheiro, celular ou falar para onde está indo. Complicou um pouquinho né? Mas Gina segue a risca as regras e embarca nessa aventura. Ela vai para Europa e lá começa a conhecer sua tia de verdade, as coisas que gostava, odiava, tudo que viu em sua viagem à Europa.

Há tantas coisas bacanas nesse livro, a descoberta do amor, a perda de alguns medos, estar sozinha em um país desconhecido. Tentar entender uma pessoa e descobri que ela era completamente diferente do que você pensava que fosse.

Esse é daqueles livros que servem para nós fazermos uma viagem interna, tentar melhorar algumas coisas em nós e darmos valor aos pequenos gestos. Além de ser um tema muito diferente. Ela se mete em cada confusão na Europa, a menina é para raio de problemas, mas tudo vale a pena. É fofo demais!

Para saber mais:

Autora: Maureen Johnson
Livros: 1 – 13 Little Blue Envelopes
                 2 – The Last Little Blue Envelope (julho, 2011)
Sinopse livro 1:
Virgínia "Gina" Blackstone, é uma garota de dezessete anos, recebeu 13 envelopes de sua tia fugitiva Peg, que é falecida. Para Gina é dito que ela está prestes a sair por várias semanas e vai viajar para terras estrangeiras. Sua tia a deixa quatro regras a seguir. Ela apenas está autorizada a abrir o envelope quando ela chegar ao destino ou, em alguns casos, alcançados a tarefa definida na carta anterior.
Os envelopes irão levá-la para Europa, onde ela vai descobrir o mundo e a si mesma.

Venenoso



Já o próximo livro a autora é uma ‘velha’ conhecida nossa, já comentei dela em Oh My Gods e Goddess Boot Camp. Terá Lynn está de volta e dessa vez escreve sobre SEREIAS!!! Elas não são más ou maravilhosamente encantadoras como nas lendas. Elas são como nós, tem problemas como todas as adolescentes.

Lily descobre que além de ser a princesa de Thalassinian, sua mãe era uma humana e possui uma família aqui. Disposta a conhecer um pouco dos humanos, ela vem passar um tempo com  sua tia Rachel, sua paixão humana se chama Brody, porém por uma ‘brincadeira’ do destino ela acaba beijando Quince, seu nêmeses.

Mas ela tem um segredo! Qualquer sereia/tritão que beija um humano acaba tendo um vinculo com ele. Agora ela está desesperada, precisa contar à Quince seu segredo, desfazer essa ‘união’ e tentar acertar as coisas com sua paixão.

O livro é leve e divertido, a história é gostosa e um pouco menininha, com a personagem vivendo os dramas de estar ‘amarrado’ a alguém que não gosta e pensando em outra pessoa. Mas Quince é uma graça, o estilo bad boy, as tiradas engraçadas faz com que seja impossível não pensar – Ai que fofo!! *_*

Vejo este livro para momentos divertidos, e talvez um pouco mais para a faixa etária de 13 a 16 anos. Ela cria um mundo tão bacana para Thalassinian, mas quando Lily está em casa, a autora não mostra muito disso. Ela faz uns links legais com algas e toda a vida marinha com coisas nossas, como ser chamado de filho de peixe palhaço para covardes e por aí vai.

Em breve vai sair o segundo livro e fico na expectativa de ser mais divertido e com mais detalhes sobre o mundo no fundo do mar e como Lily vai sobreviver aqui na terra. Afinal ser uma princesa, ter um inimigo e uma paixonite é complicado para qualquer uma.

Para saber mais:
Autora: Tera Lynn Childs
Livros:  1 – Forgive My Fins
                  2 – Fins Are Forever
Sinopse livro 1:
Lilly Sanderson tem um segredo, e não é que esteja super apaixonada pelo belo Brody, quem faz com que seu coração bata descontroladamente rápido. O amor não correspondido já é o suficientemente difícil quando você é uma adolescente normal, mas quando você é metade humana, metade sereia, como Lilly, não existe tal coisa como a simples paixão.
A identidade como sereia de Lilly é um segredo que não pode sair a tona, ela é uma princesa Thalassinian que tem vivido na terra e frequentando a Escola Secundaria Seaview, esperando encontrar aonde ela verdadeiramente pertence.
Claro, a vida sobre a Terra tem reveses, como seu insuportável vizinho motoqueiro, Quince, mas tem uma grande vantagem: Brody. O problema é; as sereias não são realmente de saídas temporárias- quando elas se “casam”, é para toda vida.
Quando a tentativa de Lilly em obter a atenção amorosa de Brody conduz a um caso de confusão de identidade do tamanho de um Tsunami, ela estará dentro de onda de drama no que se refere a relacionamentos, e descobrirá, rápido como as batidas de uma barbatana, que o “E viveram felizes para sempre” nunca parte tão suavemente como tem planejado.


Tóxico





Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários