POISON MOVIES - Megamente


Título no Brasil:  Megamente
Título Original:  Megamind
País de Origem:  EUA
Gênero: Animação
Ano de Lançamento:  2011
Duração: 96 mim
Estréia no Brasil: 03/12/2010
Estúdio/Distrib.:  Paramont Pictures
Direção:  Tom McGrath

SINOPSE:
Megamente é um vilão magro, usa vestes nas cores azul e preta e sua cabeça é careca e grande, devido ao cérebro privilegiado. Ele deseja conquistar a cidade de Metro City e faz diversas tentativas, muitas delas frustradas. O vilão precisa ter oponentes para que sua vida tenha sentido e, após a morte de Metro Man, Megamind cria Titan para ter com quem rivalizar.





RESENHA:
E quando o vilão se torna o mocinho?
Há bastante tempo que não escrevia sobre uma animação... já estava achando que nada era bacana ou engraçado por aí, mas Megamente é daqueles filmes que nos fazem pensar que ‘para todo chinelo velho tem um pé descalço’.

É uma animação engraçadinha, não espere algo como Toy Story ou até mesmo o Como Treinar Seu Dragão, mas tem um potencialzinho e acho que entre as crianças deve ter feito bastante sucesso. Já que é meio impossível não se apaixonar pelo vilão e todos os seus planos fracassados.

Mas a grande reviravolta da história é quando ele resolve criar um novo herói, pois ao destruir o antigo sua vida perdeu o sentido. Afinal deve haver um equilíbrio... se há um ‘mal’ é necessário existir um ‘bem’ para equilibrar as forças e sem seu oponente, seus dias ficaram tristes e solitários.

Só a ideia por si só já é meio louca. Onde um vilão iria criar um herói para poder lutar? Totalmente papo de desenho animado, mas como todas as suas ideias essa é mais uma que não dá certo e de repente o caos está nas ruas. Antes as pessoas de Metrocity tinham um herói e um vilão, agora elas possuem dois vilões.

O filme fala muito sobre isso. Perseguir as coisas, se é a vida que lhe transforma ou você já tem esse caráter dentro de você, sabe se é ruim mesmo ou se foi criado num ambiente hostil, eu sei ... é papo para eternidade, são tantas versões. Mas a pergunta que não quer calar é essa. O que você faz quando conquista algo que queria? E se de repente não for exatamente o que pensou? Esse é o dilema de Megamente após sua ‘vitória’.

De todos os personagens, o que mais gostei foi o Minion, uma mistura de peixe com robô. É a consciência de Megamente, ele que fica lembrando que são vilões e que devem fazer o mal, ou quando a ideia de Megamente não é boa e seu plano vai dar errado (mais uma vez).

Como disse, vale para um dia divertido. De preferência com aqueles seus primos/irmãozinhos e outros inhos que tiver na sua casa. Nada que um balde de pipoca e um refrigerante geladinho não transforme em diversão.

Ahhh as músicas do filme são muito legais. Há clássicos como Welcome to the Jungle do Guns ‘n’ Roses e Bad de Michael Jackson, fora outras que merecem uma consideração. Quem era o responsável pela parte musical era fã dos clássicos...rs

Tóxico







saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários