POISON BOOKS (Em Off) - Nightshade + The Shadow Girl of Birch Grove


Opa... mais uma vez a coluna está de volta. E apesar dela aparecer pouquinho estou ficando feliz, significa que alguns livros que antes só poderíamos ler depois de mil choros e afins estão saindo no Brasil depois que a blogosfera gringa começa a falar dele e consequentemente as editoras brasileiras estão de olhos abertos para trazer para nós.

Então sem mais delongas vamos falar dos livros que ainda não chegaram por aqui.

Eu nunca fui muito fã de lobisomens, odiei Jacob com toda a força do meu ser. Sempre serei Team Edward, mesmo ele brilhando. Mas Sam de Calafrio me conquistou e agora Calla e seu bando também me fizeram olhar para esse ser com mais ‘amor e carinho’.

Nightshade fala de grupo restrito. Numa pequena cidade existe um grupo que domina e eles são especiais. Eles são lobisomens e toda a cidade que não está ligada à eles (os pobre e tolos humanos...rs) os temem, eles ditam as regras e possuem cultura própria, mas tudo muda quando Calla a lobo-alpha dos Nightshade salva um humano que estava vagando onde não deveria estar. A partir daí sua vida certinha começa a se transformar em algo além do que ela esperava.

O livro vem explicando as divisões dessa sociedade, até porque os Nightshade e os Banes (o outro grupo de lobos) são a ponta do iceberg dessa estrutura que foi criada para proteger algo valioso. Mas o rapaz humano que salvou (e não deveria) começa a querer saber mais das coisas, tudo parece caminhar para o caos.

Calla é daquelas personagens que nós odiamos. Ela é toda certinha no início do livro. Tinha a vida ajeitada e tudo estava sob controle; ela seria a alpha junto com Ren e eles seriam felizes para sempre, mas quando o novo rapaz chega, ela começa a pensar se realmente é isso que ela quer da vida e é onde a mocinha começa a correr riscos (alguns de tirar o fôlego) e descobrir coisas que não deveria sobre seu mundo.

A história começa devagar, mas aos poucos pega um bom ritmo, novas descobertas, peças soltas e muitas informações são reveladas ao longo das páginas. E chega num final surpreendente, daqueles que realmente faz você querer o livro 2. Para quem leu Casa Glass, sabe o tipo de final que estou falando. É daqueles que meio que terminam numa cena importante.

É um livro que devorei rapidamente, e tem de tudo... ação, emoção, momentos calientes e muita tensão. Há diálogos interessantes e reviravoltas. Especulasse que ele virá para se igualar à Dimitri e Rose no quesito romance (ainda ainda acho que não, mas vamos ver o que o livro 2 nos reserva). Deve sair no 2º semestre pela Galera.

PS: Fala que a capa não é linda?! =)

Para saber mais:
Autora: Andrea Cremer
Livros: 1 – Nightshade
                 2 – Wolfsbane (julho, 2011)
                 3 – Bloodrose (2012)
                 4 – Bad Blood
                 5 – Night School
Sinopse livro 1:
Calla Tor sempre soube o seu destino: Depois de se formar na Mountain School, ela será a companheira do sexy lobo-alpha Ren Laroche e lutará com ele, lado a lado, governando o seu grupo e vigiando os locais sagrados para os Guardiões. Mas quando ela viola as leis de seus superiores, salvando um garoto humano bonito, Calla começa a questionar seu destino, sua existência, e a essência do mundo que ela conhece. Ao seguir seu coração, ela pode perder tudo – inclusive sua própria vida. O amor proibido vale a pena o sacrifício?

Venenoso



Já o segundo livro não é uma saga (coisa muito muito rara hoje em dia), porém achei que faltou algo. Era para ser meio sobrenatural, mas essa parte passou longe e quando passou ficou faltando um algo a mais.

The Shadow Girl of Birch Grove promete, mas não mostra a que veio. Jane é uma jovem orfã que sempre foi um ‘problema’ do Estado. Até que de repente a elegante e misteriosa Academia Birch Grove a convida a se juntar as suas ilustres meninas. Lá ela passa a ser uma menor emancipada e aprende a se virar sozinha (na verdade ela sempre soube se virar sozinha, mas lá ela pode fazer tudo sem precisar ficar olhando pelos ombros).

Mas nem tudo são flores nesse estranho lugar. Cidade pequena, velhos segredos e para piorar a escola tem em seu currículo duas mortes muito estranhas. Aos poucos Jane começa a descobrir que nem tudo é tão bom assim e para ficar cercada pela vida fácil que agora começa levar, ela precisará guardar um segredo. Será que vale a pena?

A trama carece de mistério. Tem umas pontas soltas aqui e ali, mas quando tudo isso foi juntado a sensação que eu tive foi: Tanto bafafá para isso? Esperava muito mais. O início da história mostra algo que não tem nada a ver com o restante. E a todo momento queria voltar a fazer a relação. Mas ela simplesmente não existe.

Até a parte sobrenatural é fraca. Meio que de cara você já descobre o que é. Só fica esperando que seja confirmado nas paginas seguintes, mas isso só acontece bem lá para o meio do livro. A narrativa é normal, nada que te faça querer ler desesperadamente.

O que realmente valeu o livro foi a solução do mistério. Este personagem nunca esteve em meus pensamentos como possível autor, tudo bem que o motivo foi meio fraco, mas vou destacar este ponto.

O livro mergulha num misto de tudo e nada. Por isso acho que ele nem deveria ser considerado sobrenatural. Tinha tantos momentos ao estilo de Gossip Girl, com fofocas e meninas querendo saber quais os garotos que eram interessantes para ficar. Que me desanimava.

Sabe quando se tem algumas ideias boas, mas elas não foram bem aplicadas? Foi o caso deste livro. A medida que as paginas vão passando e a coisa não aprofunda, o desinteresse aumenta. Ainda bem que foi um livro só. Realmente nem tinha como enrolar para mais um livro.

Para saber mais:
Autora: Marta Acosta
Livros:  – The Shadow Girl of Birch Grove
Sinopse livro:
Quando a jovem Jane William é convidada para Academia Birch Grove, ela pensa que a oferta é muito boa para ser verdade. E é. Então ela começa a receber mensagens de um inimigo misterioso. Ela começa a suspeitar que a Diretora e seus belos filhos estão escondendo um segredo.
Quanto mais tempo ela passa em Birch Grove, mais questões sobre as mortes misteriosas começam a aparecer. Será que ela vai manter o segredo e ficar no mundo privilegiado de Birch Grove? O que Jane terá de sacrificar quando chegar a hora?

Tóxico





Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.




Share:

0 comentários