POISON SERIES - Being Human

Ahhh, vira e mexe quem volta ao assunto? Se você chutou vampiros, está ceeerrrttttaaa a resposta, e olha que eu tento fugir deles, mas é como uma maldição...rs

Como é a última terça-feira do mês é dia de um novo seriado para vocês darem um bizu e tentar pelo menos o pilot e se gostarem, com certeza irão aumentar a lista de séries, senão... bem. Vamos ver outras ué.




A série de hoje se chama BEING HUMAN e ela tem uma coisa bem interessante, a versão nova que está passando nos EUA é uma ‘cópia’ da versão inglesa, onde lá já está na terceira temporada e a dos EUA está no episódio 5.

Eu não me lembro de já ter acontecido isso com alguma série, alias, porque os EUA tem essa mania de querer fazer uma versão americana das coisas? Ugly Bete é um exemplo disso e fora algumas outras...aff, como se as piadas americanas fossem mais engraçadas.

Enfim, eu comecei assistindo a versão americana e agora estou assistindo as duas e o que eu posso dizer é que na original (inglesa) o humor é melhor, os episódios são mais tensos e a história evolui muito mais rápido. Para vocês terem uma ideia, o primeiro episódio da inglesa equivale a ver os 5 episódios da saga americana e olha que as temporadas inglesas são curtinhas (entre 6 a 8 episódios apenas).

A saga fala dos conflitos vividos por um vampiro ancião, um jovem lobisomem e uma fantasma. Eles vão aos poucos descobrindo seus poderes e como podem ser eles mesmos sem machucar os seres humanos a sua volta.

Não há muitos locais na história, geralmente acontece tudo na casa deles (visto que a fantasminha assombra o local) e onde os rapazes trabalham, e pasmem é num hospital. Será onde o vampiro consegue seus lanchinhos?!

Na versão americana, nós acompanhamos mais pausadamente todos os processos, a fantasma poder assombrar além da casa dela e entender porque ela não deixou o plano terreno e como o lobisomen lida com a família e seu problema com a lua cheia. Mas a história mais interessante (e pouco) contada até agora é a do vampiro, pois dá a entender que ele tem um certo prestígio, mas por escolher os humanos o faz ser o inimigo número 1 da comunidade vampírica.

Os protagonistas possuem nomes diferentes nas sagas e além de outras coisinhas a parte, acho que a inglesa é melhor que a americana. É bem mais prática e a evolução do seriado é melhor. Na verdade, estou acompanhando as duas, pois como disse as temporadas da versão inglesa são pequenas.



Para saber mais:
O vampiro boa-pinta Mitchel, o lobisomem nerd George e a carente fantasma Annie vivem juntos na casa da moça. Eles lutam para viver como seres humanos normais e para isso têm de confrontar com as forças externas e seus próprios instintos. Quem aparece para sempre atrapalhar esse objetivo são outros seres da mesma raça que vivem no “lado negro da força” e alguns humanos que fazem de tudo para exterminar essa convivência.

Personagens Principais:
Russell Tovey >>> Georgie (lobisomem)
Lenora Crichlow >>> Annie (fantasma)
Aidan Turner >>> Mitchell (vampiro)
Sinead Keenan >>> Nina
Donald Sumpter >>> Kemp
Lyndsey Marshal >>> Lucy
Jason Watkins >>> Herrick

Trailler da Série:


Venenoso


___   ___   ___   ___   ___   ___   ___

E no mês passado, o seriado foi THE CAPE, quer saber mais dos super-heróis e afins?

Mês que vem tem mais =)








Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários