POISON BOOKS - Tênis ou Tiara (Grace Dent)


Autor: Grace Dent
Editora: Galera Record
Publicação: 2010
Páginas: 239                                                                                
Capítulos: --
Tema: Infanto-Juvenil,  

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Shiraz Bailey Wood ganha um diário da avó no Natal. Mas se você pensa que lerá nessas páginas historinhas românticas pra boi dormir está enganada. Shiraz não quer nada além de... entrar no Big Brother! Certo, não é só isso. Ela também quer um tênis novo, viajar, um bronzeado daqueles, um iPod e que sua irmã tome jeito e depile as pernas!! E tem mais. Só que você só vai descobrir invadindo a privacidade dela.




PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
“Tanto esforço para inserir a palavra “iPod” em todas as minhas frases desde junho...”

RESENHA:
Eu não sei vocês, mas quando rola um marketing do livro ou até mesmo o título parece promissor e me desperta a vontade de ler, eu fico fazendo comparações. Aquele tipinho chato que fica se questionando porque o livro teve o título em português para XYX e não ZZZ.

Quando eu li o nome da série – Diário de uma Encrenqueira – pensei logo que finalmente viria uma personagem engraçada, totalmente sem noção e com muitos mais muitos problemas de comportamento e de coisas que misteriosamente se transformam em encrencas à sua volta.

Ixi...você também pensou assim? Je suis desolée, porque esse livro passa longe, mas muito longe de ser algo divertido, cheio de encrencas e bacana de ler. Foi tenso terminar de ler o livro (sim, sou brasileira e não desisto nunca), e quando eu levo 2 semanas e meia para ler 200 e poucas páginas, a coisa complica.

Começo pelos nomes dos personagens. Sério, cada nome mais estranho que o outro, ao ler o livro achei que fosse algo da tradução, então fui ver em inglês e sim, a protagonista se chama Shiraz ( o que é tenso, mas passa) e a irmã – Cava-Sue – sim, isso mesmo. Nunca, jamais na minha vidinha de leitora compulsiva vi um nome tão trash. E continua...

De encrenqueira, a Shiraz não tem nada. Já li outros livros onde o personagem principal não se auto-intitulava encrenqueiro e era da ‘pá virada’, onde acontece alguma coisa é na escola. Que por incrível que pareça é um lugar que quase nunca aparece. Sempre como momentos de passagem. E ali tinha tanto potencial, as coisas mais doidas SEMPRE acontecem na escola #fato.

O livro é escrito na forma de diário (o que justifica o nome da série), mas isso não foi feito de uma forma legal... e acabamos perdendo o grande potencial e como a personagem se sentia em cada momento, até porque há coisas divertidas, só não foram bem exploradas =/

Um dos momentos que valem a pena é quando a confusão realmente se instala na casa de Shiraz, a mãe dela e a irmã brigam feio e de repente todo mundo está emburrado e nem se falando e claro, há consequências mais graves. Como elas resolvem isso, foi talvez uns dos poucos momentos que realmente ri neste livro.

Mas nenhum livro é tão ruim que nada se destaque, né? E neste a autora coloca de uma forma bem legal e real a relação melhores amigas x namorados. Porque sabemos que por mais que todo mundo diga – Nada vai mudar quando começar a namorar – a verdade, verdadeira não é bem assim e aqui, as duas amigas entram em situações divertidas e o jeito que elas arrumam para sair também tem um credito.

Mas, essa saga definitivamente não é para mim. Então paro no livro 1 e deixo a coleção para lá. Confesso que pelo título e até pela sinopse, esperava muito mais do que foi apresentado em suas páginas. Uma pena, porque sinceramente, a saga tinha tudo para ser engraçada.


Suave Veneno

Compre Aqui – Compare Preços:










Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários