POISON BOOKS - Como Quebrar a Maldição de um Dragão (Cressida Cowell)


Autor: Cressida Cowell
Editora: Intrínseca
Publicação: 2010
Páginas: 238                                                                                
Capítulos: 19
Tema: Infanto-Juvenil, Vikings

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Será que Soluço vai encontrar o antídoto para a picada da Vorpente Venenosa e ainda por cima derrotar o assustador Garra da Destruição? E ele conseguirá vencer o perigoso machado de Norberto, o Demente, para mais uma vez ser o herói da história?




PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
“Os invernos eram sempre frios nas Terras dos Vikings.”

RESENHA:
Opa.... livro 4 da saga COMO TREINAR O SEU DRAGÃO. Quer saber das opiniões dos outros?

Sou fã do Soluço e do Banguela, falo deles sempre que posso e toda vez que estou nessa seção na livraria e algum pai/mãe me pergunta se o livro é engraçado faço uma mega propaganda. Acho tão cute-cute quando vejo os pequeninos segurando livrinhos =)

Mas, este quarto livro não atingiu minhas expectativas digamos assim, ele tem nossos personagens favoritos, uma história até interessante, mas faltou algo... um temperinho. Dos 3 livros lançados até agora, este foi o único que não gostei. É como se fosse um livro completamente diferente dos anteriores.

Eu já estranhei o fato de você conseguir ler o livro sem precisar dos anteriores, um ou outro assunto passa despercebido, mas 90% da história caso não tenha lido nenhum deles, você consegue se achar. É como se fosse um conto extra ou cenas deletadas.

Senti falta de saber mais dos personagens que apareceram no livro 3, afinal toda a história foi uma coisa muito louca e achei que essa explicação e até mais informações sobre o mundo viking não conhecido por nós continuaria a ser revelado em suas páginas, mas nem foi assim.

Nos outros livros, temos sempre Soluço e seus ‘amigos’ na história, mesmo eu seja seu primo dizendo que ele NUNCA será um bom líder, mas dessa vez o forte da história é o Soluço, Banguela, Camicazi (porque eu acho que vai rolar um climinha entre eles?rs) e o dragão Caolho. Eles estão numa busca por algo bem normal para nós, mas nos tempos vikings era uma raridade. E com isso, os outros integrantes da Ilha de Berk quase não são mencionados.

Claro que a cada livro, Soluço fica mais ‘responsável’ e menos medroso, começando a agir como um líder deve ser e isso é mostrado bastante neste livro, as atitudes tomadas, a noção de valor para as coisas certas. É um livrinho fofo, como toda a série, mas quero de volta as sequências das histórias e coisas mirabolantes.
                                                                               
Fico ansiosa para saber mais do próximo – COMO MUDAR UMA HISTÓRIA DE DRAGÃO – até porque no final do livro, ele volta a fazer um comentário sobre os vilões que Soluço já enfrentou e deixam um gostinho de a série vai voltar com força total.

 Tóxico



Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários