BOOKS || Revelações (Roberto Laaf)

Autor: Roberto Laaf
Editora: Alcantis
Tema: Suspense, Lit. Nacional, Paranormal
Ana Clara possui um raro dom de premonição que lhe permite saber quando uma pessoa tem a vida ameaçada, bastando o mínimo de contato físico com ela para que terríveis visões de assassinato fervilhem em sua mente.
Depois de adormecido por vários anos, o dom de Ana Clara ressurge de forma inesperada, trazendo-lhe visões apavorantes com sua melhor amiga sendo brutalmente assassinada.
Sua angústia é saber que, em todas as vezes que seu dom se manifestou, as pessoas em suas visões morreram. E, agora, ela deseja desesperadamente evitar o assassinato de sua amiga.
PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
"Alguns sentimentos ardem dentro do peito de um homem como se fossem chamas."


RESENHA:
Um suspense interessante, diferente de muitas coisas que já andei lendo. Ágil, fácil de ler e de certa maneira muito instigante, daqueles que você começa e meio que não consegue largar até chegar ao final.

É um livro que me chamou atenção por dois motivos:
1 – Se passa na minha cidade, então era como se eu tivesse num enorme Google maps e conseguisse acompanhar os passos dos personagens. Eu sempre ficava com inveja dos livros americanos, pois eles citavam vários lugares e eu não conseguia visualizar porque não morava por lá.

2 – A sutileza dos detalhes e como eles podem mudar ao longo dos capítulos. Comecei achando que seria uma coisa simples e até um pouco banal e a medida que a história foi evoluindo, vi que estava totalmente errada. E adorei me surpreender!!!

O livro conta como pequenas coincidências e informações que as vezes soltamos à pessoas que aparentemente inocentes estão na verdade intricadas e podem mais na frente se converter em maldades contra pessoas que gostamos ou que conhecemos.

Gostei muito dos personagens, da forma como foram apresentados e tudo que vai acontecendo ao longo da história. Só achei a protagonista – Ana Clara – um pouco neurótica e meio mandona...rs. até entendo o motivo, mas controlar a vida de uma amiga como ela acaba fazendo, mesmo que para o bem da pessoa em questão me deixava maluca enquanto lia.

Outro que é muito surpreendente é o vilão – Zaconi – é daqueles que logo de cara você já saca que é o mau-elemento da saga, mas suas atitudes mudam tanto que tem momentos em que não acreditamos que seja possível que a mesma pessoa faça essas coisas. E tudo acontece de forma rápida.

Esse foi um dos pontos fortes do livro, ele é na medida certa. Não há milhares de página para descrever coisas que podem ser feitas de forma simples. O Laaf faz exatamente isso, ele descreve na medida certa, sem deixar que a história fique parecendo que faltou coisa. Ou seja, no ponto para lermos numa ‘sentada’ só.

Bom, agora é o momento de esperar os próximos livros da saga e ver como Ana Clara vai conseguir se safar deste ser que há tempos a persegue. E como ele vai tentar acabar com sua vida. A espera é o que mata...rs

Próximo Livro:
Livro 2 - Vocação

Share:

0 comentários