POISON BOOKS - A Noite Mais Sombria (Gena Showlater)


Autor: Gena Showalter
Editora: Harlequim Books
Publicação: 2009
Páginas: 398                                                                                
Capítulos: 25
Tema: Romance, Mitologia, Demônios  

RESENHA DA CONTRA-CAPA:
Ashlyn Darrow sempre fora atormentada por vozes de diversas épocas, sobrepostas, interligadas, vindas de todas as direções, causando-lhe profundo sofrimento. Só havia um lugar onde ela talvez pudesse encontrar a cura para seu mal: a misteriosa fortaleza habitada pelos imortais, em Budapeste. Homens com poderes extraordinários, cada um carregava em si um dos demônios libertados da caixa de Pandora. Porém, somente Maddox, o guerreiro castigado com a mais cruel de todas as maldições, seria capaz de livrar Ashlyn de seu desespero. Morrendo todas as noites e renascendo à alvorada, o guardião do demônio Violência agonizava com o desejo de tocar Ashlyn, mas receava perder o controle sobre o espírito maligno e se tornar uma ameaça para ela.




PRIMEIRA FRASE DO LIVRO:
“Toda noite a morte chegava, lenta e dolorosamente, e toda manhã Maddos acordava na cama sabendo que, mais tarde, teria que morrer outra vez.”

RESENHA:
Esse é mais um daqueles livros que eu conheci há tempos (lendo em ebooks e afins) e hoje fico muito contente por ele estar nas livrarias e todo mundo poder conhecer também. A autora é uma coisa a parte, ela consegue escrever coisas completamente diferentes mais muito interessantes e de acordo com a faixa etária dos livros.

Quando a noticia deste livro chegou aos ouvidos dos muitos fãs causou polêmicas, afinal ‘senhores do mundo subterrâneo’ não soava tão bonito quanto submundo, afinal a história por trás de todo romance e lado hot é ligada ao Inferno e o Submundo, confesso que preferia ‘senhores do submundo’, mas não vou criar tanto caso assim.

Para os fãs de mitologia grega, a história fala da caixa de Pandora, mas aqui tem uma versão um pouquinho diferente (que eu não vou contar porque é um spoilerzinho) e doze demônios foram libertados e ao longo dos milênios eles estão lutando para conseguir viver com os humanos e também achar a famosa caixa.

Mas ao longo dessa busca, milhares de guerras já foram travadas e em algumas resultaram mortes de companheiros e uma raiva ainda maior entre os dois lados. E agora os demônios/guerreiros estão em Budapeste para tentar viver ‘normalmente’.

O livro tem essa história de pano de fundo, mas a presença forte sempre esta relacionada com as mulheres que vão se envolver com esses guerreiros. O lado hot/sensual é bem forte. Cenas de sexo são bem escritas mas praticamente presença constante ao longo da série. Para quem não gosta muito de ler sobre isso, aconselho a ler poucos capítulos por dia. Assim se acostuma com a ideia.

Lembro também que não é um livro Young-Adult, então aquela coisa fofa, de mão na mão (rs) não vai rolar aqui. Se no início da saga a parte sensual é forte e pouca história parece estar presente, no decorrer dela isso começa a inverter. Não que a autora para de escrever sobre cenas fortes, mas a busca pela caixa de Pandora e os desdobramentos acabam sendo inesperados.

Essa é uma daquelas sagas grandes. Até agora são 7 livros e fora que tem uns ‘meio’ – ex; 4.5. então deve ter uns 10 livros por aí. Não sei se a Harlequin Books vai trazer tudo, pois esses ‘meios’ são histórias a parte, como se fossem contos. Nada que irá influenciar a história, mas que nós gostamos de saber de tudo que rola com os personagens, certo?!

Para finalizar digo o seguinte, se você curtiu Irmandade da Adaga Negra (já comentando aqui no blog – resenha aqui) pode ir em frente sem medo que tenho certeza que também vai amar. Se não gostou muito acredito que deve pedir para um amigo para ler e ver o que acha. Para quem está um pouco saturado de YA agarre ‘SMS’ com unhas e dentes e voilà.

Extremamente Venenoso

Compre Aqui – Compare Preços:








Quer saber mais dos venenos do Poison? Assine o Feed ou siga pelo Twitter.

Share:

0 comentários